30 de outubro de 2015

Conheça os finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura 2015


Conheci esse prêmio quando comecei a frequentar a BSP.
Um dos meus livros preferidos, Vermelho Amargo (Bartolomeu Campos de Queirós) peguei na estante dos premiados do Prêmio São Paulo de Literatura numa das idas à biblioteca, desde então, fico de olho no PSPL, tantos nos finalistas quantos vencedores, porque "vai que descubro um livro para amar?!

Decidi fazer uma postagem com as sinopses e biografias d@s 21 finalistas desse ano para que possamos fazer nossas apostas, hehe. No final, digo para quem estou torcendo ;)

21 finalistas foram escolhidos entre 215 livros inscritos; a premiação, destinada a romances publicados em 2014, oferece no total R$ 400 mil aos vencedores.                    Estão na disputa autores de dez estados: Rio de Janeiro (6), Rio Grande do Sul (2), Santa Catarina (1), São Paulo (2), Paraná (1), Pernambuco (2), Espírito Santo (1), Minas Gerais (4), Rio Grande do Norte (1) e Ceará (1). Continue lendo.


MELHOR LIVRO DE ROMANCE DO ANO 2014


Alberto Mussa – A Primeira História do Mundo (Record)
O novo livro do mais original e criativo ficcionista brasileiro. O romance baseia-se em parte da documentação de um caso real – o primeiro registro formal de um assassinato no Rio de Janeiro, de 1567, crime passional, história de adultério, que enredou, entre acusados e testemunhas, espantosos 15% da população [que não passava de 400] da cidade então – para tecer uma deliciosa trama policial, em que os mitos fundadores do Brasil, sobretudo os indígenas, associados à própria tradição do gênero literário policial, serão fundamentais para a solução do caso.
A primeira história do mundo é, sem dúvida, o mais popular dos livros do autor. 

Alberto Mussa nasceu no Rio de Janeiro em 1961. Sua ficção abarca o conto e o romance, com destaque para o "Compêndio mítico do Rio de Janeiro", série de cinco novelas policiais, uma para cada século da história carioca. Recriou a mitologia dos antigos tupinambás; traduziu a poesia árabe pré-islâmica; escreveu, com Luiz Antônio Simas, uma história do samba de enredo; e organizou, com Stéphane Chao, o "Atlas universal do conto". Ganhou os prêmios Casa de Las Américas e o da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) por “O Enigma de Qaf “(Record). Em 2006, venceu novamente o APCA e ganhou o Prêmio Machado de Assis, da Biblioteca Nacional, por “O movimento pendular” (Record). Em 2011, venceu o Prêmio Machado de Assis por “O senhor do lado esquerdo” (Record). Suas obras estão publicadas em 17 países e 14 idiomas.


Antônio Xerxenesky – F (Rocco)
Uma assassina profissional é contratada para matar ninguém menos que o diretor do clássico Cidadão Kane, Orson Welles. A tarefa, no entanto, mostra-se mais árdua do que o esperado e leva a jovem protagonista a fazer uma viagem pelo universo do cinema repleta de referências à música e à cultura pop. Mesclando influências diversas numa trama que aborda também a ditadura brasileira, o exílio e os rumos da cultura, o gaúcho Antônio Xerxenesky mostra por que foi um dos 20 escolhidos para fazer parte da prestigiosa revista Granta dos autores brasileiros mais promissores de sua geração.

Antônio Xerxenesky é escritor e tradutor brasileiro nascido em 1984, na cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Teve textos publicados em diversos jornais e revistas, como The New York Times, Newsweek, Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo. Alguns de seus contos foram traduzidos para o inglês, espanhol e alemão. Em 2012, foi eleito pela revista inglesa Granta, com publicação no Brasil, como um dos vinte melhores jovens escritores brasileiros. "F" é o segundo romance do escritor gaúcho, que atualmente vive em São Paulo.


20 de outubro de 2015

Retrospecto Mensal: Agosto e Setembro de 2015

Lá vai a postagem em que relembro o meses anteriores, como forma de lembrar-me do que li, assisti e minha memória - quase sempre - esquece.



Livros

Agosto



O cabeça de elefante e outras histórias da mitologia indiana contados por Lúcia Fabrini de Almeida lido para o mês de agosto do DL Skoob 2015 - Mitologia ou Folclore.
No limite da atração, de Katie McGarry: queria muito ler desde o lançamento, mas nunca o achei com um preço que valesse a pena investir em um livro que talvez não AMASSE! Achei legal, dentro do que esperava em alguns aspectos, fraco em outros. É o tipo de livro que se fizessem um filme eu assistiria mais de uma vez. 
Nu, de Botas, de Antonio Prata. Li para participar do clube de leitura da Livraria Companhia Ilimitada. As crônicas do Antonio me acompanharam quando li por um tempo a Revista Capricho, adorei lê-lo de novo, agora ele falando sobre sua infância. 
A lenda do Saci Pererê em Cordel, de Marco Haurélio: vale a leitura pelas ilustrações sempre perfeitas da Elma e da forma como é contada a história do Saci Pererê.
Cinco Histórias de Cinco Continentes: Gostei da seleção de histórias. A única história que não gostei muito foi a russa, as outras que "passam pela China, Austrália, Magreb e América do Norte" me agradaram bastante.
Sob o sol, sob a lua, Cynthia Cruttenden: excelente trabalho da autora e ilustradora. 
Nove novos contos de fadas e de princesas, de Didier Lévy: ADOREI todas esses novos contos de princesas e fadas. 
Sapatos estragados, galinhas falantes e outros mistérios por Confabulando Contadores de Histórias. Conheci poucas histórias das contadas nesse livro.
O nabo gigante, de Aleksei Tolstói e Niamh Sharkey: conto acumulativo bem bacana.
Ter um patinho é útil, de Isol Misenta é uma graça de livro. Ah, tudo é uma questão de ponto de vista! 
Quem Canta seus Males Espanta - Vol. II, de Theodora Maria Mendes de Almeida: coletânea de parlendas, cantigas bacana por ter ilustrações dos alunos. 

Para não perder o ritmo, decidi ler em setembro até 2 livros com mais de 200 páginas. 
Adoro meus "livrinhos", mas preciso dar um gás em livos que estão pegando pó aqui.

17 de outubro de 2015

Arrumando a casa

Nos anos de 2010 e 2011, publiquei pouco nesse blog. 
Vendo os títulos das postagens percebo que me faltava, além de criatividade para escrever textos para os posts, um olhar crítico sobre o que publicava aqui: o que queria ler, um meme dizendo como foi minha semana eram conteúdos semi-prontos que preenchia com informações superficiais sobre mim., sobre a Maura que decidira ter como passatempo número 1 ser leitora. 
Bom, e eu fui. Li uma quantia considerável de livros naqueles anos e gostei de 70%, ainda bem.
Hoje parei para observar o conteúdo das postagens daqueles dois anos e percebi a semelhança da minha versão atual (2014/15) com a Maura Versão 2010/11. 
Falta-me além de criatividade (essa palavra que fugiu de mim quando decidi tê-la como amiga), habilidade com a escrita (minhas redações eram boas mesmo ou as professoras achavam-nas um pouco melhores que as dos meus colegas?) e saber quem eu sou de verdade. A minha versão atualizada apresenta muitos bugs. Os mesmos daqueles primeiros anos.
E o atual aspecto do blogue demonstra essas três facetas que, nesta noite de outubro, decidi expor. 
Exposição benéfica, sem dúvidas, porque arrumar a casa é preciso e eu precisava dizer que aqui não me agrada do jeito que está...
A casa é antiga e precisa ser arejada.




Um gif engraçadinho e um bom final de semana.

5 de outubro de 2015

Clubes de Leituras de Outubro/2015

Um mês depois, cá estou eu com uma postagem rápida sobre os clubes de leitura que acontecerão esse mês nas bandas de cá. 
Quero tentar ler, pelo menos, dois livros (Sobrevivi para contar e Frankenstein) para participar dos encontros. 
O sol é para todos eu li e estou MUITO ANSIOSA para poder discuti-lo no clube de leitura da biblioteca.

17 de outubro
Serviço:
Clube de Leitura Cia Ilimitada
Sábado, 17 de outubro, das 13h45 às 15 horas
Local: Livraria Companhia Ilimitada
Rua Florineia, 38, Água Fria (Zona Norte)
Informações: livrariaciailimitada@gmail.com

23 de outubro

28 de outubro

30 de outubro
Serviço:
Clube de Leitura da Biblioteca Parque Villa-Lobos: "O sol é para todos", de Harper Lee
Sexta-feira, dia 30, das 15h30 às 17 horas.
Não é necessário inscrição.
Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001. Alto de Pinheiros
A Biblioteca Parque Villa-Lobos é localizada ao lado do Orquidário Ruth Cardoso.
Fácil acesso pela rampa da Estação Villa-Lobos/Jaguaré da Linha 9 - Esmeralda.

E você, vem também?

5 de setembro de 2015

Nas Bibliotecas de Sampa: Setembro de 2015

Confira a programação de setembro das bibliotecas da cidade de São Paulo. Meu destaque vai para a realização da 1ª FLICT - Festa Literária de Cidade Tiradentes. 
Clique nos links, leia as informações e programe-se.

Divulgação.


Participe da primeira edição da FLICT - Festa Literária de Cidade Tiradentes que acontece de 11 a 19 de setembro.

Artesanato, inglês, dança, futsal, grafite, desenho, mitologia grega, tai chi chuan, Oficina artístico-pedagógica, programa vocacional, RPG e xadrez em setembro nas bibliotecas.

Conversas literárias, Diálogos com a Literatura Brasileira Contemporânea, Lançamento de livro, Roda de conversa na biblioteca, Sobre poesia e Tecendo leituras são os encontros de setembro nas bibliotecas.

Teatro adulto: A menina que foi arquivada e Sexo verbal - sacanagem não é o que fazemos na cama, é o que fazem conosco. Teatro infantil: Chapeuzinhos coloridos e A nova roupa do rei.

Mostra Internacional de Cinema Digital com sessões ao ar livre no Jardim do Centro Cultural São Paulo e no Mirante Nove de Julio; debates com Andre Novaes e com a produtora Diana Almeida.

Muitas bibliotecas com sessões de cinema em setembro: Adelpha Figueiredo, Alceu Amoroso Lima, Álvares de Azevedo, Anne Frank, Affonso Taunay, Belmonte, Cora Coralina, Gilberto Freyre, Hans Christian Andersen, Jovina Rocha, Lenyra Fraccaroli, Malba Tahan, Mário Schenberg, Menotti Del Picchia, Milton Santos, Monteiro Lobato, Narbal Fontes, Paulo Setúbal, Pedro Nava, Raimundo de Menezes, Ricardo Ramos, Roberto Santos , Vicente de Carvalho e Viriato Corrêa.

Leitura no vestibular e mediação de leitura em setembro nas bibliotecas

Em setembro, venha para a biblioteca ouvir as contações de histórias.

Sarau das Artes, Sarau Encontro de Utopias e Sarau Lítero-musical da Zona Norte.

Reprodução.

27 de agosto de 2015

Enriqueta Leyendo

Adorei essa séries de tirinhas da querida personagem Enriqueta lendo.
Decidi publicá-las aqui - caso alguém ainda não tenha as visto. Ah, e também marquei com um x os livros lidos por ela que também já conferi :)

X

                                                                                                                 X

   X


                                                                                                            X



       X

Fonte: Facebook.

Quero saber, quais dos livros lidos por Enriqueta você já leu?

22 de agosto de 2015

"A menina que odiava livros"


Gosto de ver filmes baseados em livros (mesmo sofrendo com algumas muitas produções), alguns vejo primeiro e leio em seguida; outros só assistirei somente após a leitura do livro. Há alguns anos, vi muitos filmes sem saber que eles foram baseados em obras literárias. Quando soube que A princesinha fora baseado num livro: não contive minha felicidade! Eu amo essa história :)

Conheci a história A menina que odiava livros (Melhoramentos, 2007), escrito por Manjusha Pawagi e ilustrado por Leanne Franson, primeiro ao ver o curta metragem homônimo dirigido por Jo Meuris de 2006. 

Isso foi há quase três anos... E desde então,  não sei de qual gosto mais, o curta ou o livro! 
Meena é uma menina que, sem dúvidas, odiava livros. Eles apenas atrapalhavam, em sua opinião. Seu gato, Max, também não gostava muito deles, pois um caíra em seu rabo e deixara-o com o formato de "guarda-chuva" (que descobri ao ler o livro). 
Mas, como muitas crianças, e pessoas "mais velhas", ela odiava sem nunca ter experimentado... Detestava por detestar. 
Até que um dia, seu gato fica preso numa pilha de livros, que os pais compravam e ela se recusava a ler e...  a pilha cai! 
Os livros, abertos pela primeira vez, libertam seus personagens que invadem a casa e fazem uma grande bagunça! Após esse desastroso acidente, Meena percebe que a única maneira de devolver os personagens para dentro de seus livros é... lendo suas histórias. 

Como não tenho o livro para relê-lo sempre que sinto saudades dessa personagem, vejo o curta metragem. Ambos figuram na minha lista de favoritos, o curta me ganhando mais porque "chegou antes em minha vida" e porque sou apaixonada pela trilha sonora. 

Indico que leiam o livro e vejam o curta, ou vice-versa. 





Bom final de semana.

17 de agosto de 2015

Duplicando as anotações da agenda de papel #1



- terminar o curso Ead de Ação Cultural em Bibliotecas, leia-se, conclui-lo com louvor!

- me inscrever para a prova do vestibular FUVEST 2016, fazer as provas e... ser aprovada;

- estudar para o ENEM 2015 (5 anos depois faço novamente esse exame e dessa vez, espero não estar com febre e esquecer de levar algo para comer);

- começar o curso livre de Indesign CC (duração: 2 semanas em setembro desse ano); 

- continuar no curso de Inglês e quando a raiva do idioma bater, lembrar do por quê decidi estudá-lo;  


Bom início de semana!

11 de agosto de 2015

And I'm feeling good

Uma música que me inspira para preservar o bom sentimento do dia de hoje até o final dessa semana, que será mais longa.

Feeling Good, composição de Leslie Bricusse e Anthony Newley, por Muse e Nina Simone.


Birds flying high you know how I feel
Sun in the sky you know how I feel
Reeds drifting on by you know how I feel
Its a new dawn it's a new day its a new life for me
And I'm feeling good

Fish in the sea you know how I feel
River running free you know how I feel
Blossom in the trees you know how I feel
It's a new dawn its a new day it's a new life for me
And I'm feeling good

Dragonflies all out in the sun
You know what I mean, don't you know
Butterflies are all having fun
You know what I mean
Sleep in peace
When the day is done
And this old world is new world and a bold world for me

Stars when you shine you know how I feel
Scent of the pine you know how I feel
Yeah freedom is my life
And you know how I feel
Its a new dawn its a new day its a new life for me
And I'm feeling good


Fonte: Letras e Youtube.

Boa semana!

2 de agosto de 2015

Links para a Semana #36

Um apanhado de links interessantes/legais para serem acessados na semana que inicia-se. 



Vídeo: Elvia Perez – Histórias de Contador (2014);

Crianças participam da sétima edição do projeto Uma Noite na Biblioteca;

Programação das Bibliotecas Municipais: Teatro, Cinema, Em Cena: Debates Contemporâneos, Contação de histórias, Mediação de Leitura, Cursos e Oficinas, Música, Dança e Saraus, além de Encontros, Palestras e Debates você pode conferir clicando aqui;



Bom início de mês!

15 de julho de 2015

Clubes de Leitura: Julho

O mês está na metade, mas ainda dá tempo de começar leituras e participar de dois clubes de leitura que rolarão na cidade de São Paulo. 

28/07: Clube de Leitura #LeiaMulheres
"Para 2014 a escritora Joanna Walsh propôs o projeto #readwomen2014 (#leiamulheres2014) que consistia basicamente em ler mais escritoras. O mercado editorial ainda é muito restrito e as mulheres não possuem tanta visibilidade, por isso a importância desse projeto. Decidimos trazer isso para Blooks, convidar a todos a nos acompanharem nas leituras de obras escritas por mulheres, de clássicas a contemporâneas.
O quinto livro escolhido para debate é "Por Lugares Incríveis" de Jennifer Niven. E contará com parceria especial da Capitolina.
A mediação será feita pela Michelle Henriques, pela Juliana Leuenroth e pela Clara Browne."

Mais informações na página do evento no Facebook.




30/07: Clube de Leitura da Biblioteca Parque Villa-Lobos
Serviço:
Clube de Leitura da Biblioteca Parque Villa-Lobos: "As aventuras de Alice no País das Maravilhas", de Lewis Carroll.
Sexta-feira, dia 30, das 15h30 às 17 horas.
Não é necessário inscrição.
Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001. Alto de Pinheiros
A Biblioteca Parque Villa-Lobos é localizada ao lado do Orquidário Ruth Cardoso.
Fácil acesso pela rampa da Estação Villa-Lobos/Jaguaré da Linha 9 - Esmeralda.

E você, pretende participar de algum clube de leitura em sua cidade também?
Beijos!

4 de julho de 2015

Retrospecto Mensal: Maio e Junho de 2015

Postagem em que relembro os meses anteriores.



Livros

Li o sensível O para sempre de Pedrina e Tonico, de Cláudio Fragata com ilustrações de Cárcamo. O espanhol A zebra Camila e o brasileiro Amanhecer Esmeralda, de Férrez. 
Também li Cem homens em um ano, de Nádia Lapa, a maioria das crônicas me agradaram. 


26 de junho de 2015

Calendário 2015 das Feiras de Trocas de Livros e Gibis

O segundo semestre já, já começa e ainda não participei de nenhuma feira de troca de livros e gibis esse ano :( 

Publico, então, o calendário 2015 das Feiras de Trocas de Livros e Gibis do Sistema Municipal de Bibliotecas em parceria com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente, e convido quem estiver de bobeira em algum dos dias a levar livros e gibis lidos (ou não, rs!) para trocar por outros, e também me cobro a ida em alguma das Feiras!

Feira de Troca de Livros e Gibis

Parque Buenos Aires
Avenida Angélica, s/n (altura do nº1500)
Higienópolis - 01227-200
Telefone: 11 3666-8032
Dia 15 de março

Parque Lydia Natalízio Diogo 
Rua João Pedro Lecor, s/n
Vila Prudente – 03227-190
Telefone: 11 2097-2213
Ao lado do Bosque da Leitura
Dia 26 de abril

Parque do Piqueri
Rua Tuiuti, 515
Tatuapé – 03081-000
Telefone: 11 2097-2213
Ao lado do Ponto de Leitura Piqueri
Dia 17 de maio

Cemitério do Araçá
Avenida Doutor Arnaldo, 666
Cerqueira César - 13184-850
Telefone: 11 3258-3190
Dia 21 de junho

Parque da Aclimação
Rua Muniz de Souza, 1119
Aclimação – 04103-000
Telefone: (11) 3208-4042
Dia 19 de julho

14 de junho de 2015

O blogue fez... 5 anos!

E pelo segundo ano, eu esqueço disso! 


Pois é, esse blog fez "anos" no dia 05. Não foi um esquecimento tão grande, mas esqueci, de qualquer forma, como esqueço os aniversários de amigos, pai... (Ops! Acabei de revelar que sou uma esquecida nata - risos).

Fonte.


Essa postagem é para agradecer a tod@s que tiram alguns minutinhos de seu dia para ler as postagens cada vez mais escassas, compartilhando ideias, leituras, um pouquinho de si... 

Obrigada! 

13 de junho de 2015

Contando...

Em 17 dias, terei finalizado um curso que se mostrou uma frustração disfarçada de "eu amo essa área, mas odiei esse curso".

Em 3 dias, o TCC precisa estar pronto, impresso, encadernado.

Pelas próximas horas...
Eu vou ouvir Polara (o amado Tempestade Bipolar e tudo o que eu achar no Youtube...) enquanto finalizo esse artigo.




"Não é sempre que se pode ganhar", pois é, pois é...

2 de junho de 2015

Nas Bibliotecas de Sampa: Junho de 2015

cora_home

A arte de ouvir as histórias... para depois contá-las, Contação de histórias animada, Contar é preciso, ler é indispensável, Histórias contadas com as mãos em: Os fantásticos contos dos Grimm, Pequenas histórias de cantar e outras histórias, Sherazade e suas 1001 histórias, Tarde de contação de histórias e Um dedinho de prosa nas bibliotecas em junho.

Música e saraus nas bibliotecas um junho, confira local e data dos encontros.

Celebração da realidade, O básico do circo, Vovô, Drive thru petit, A gata ingênua, Conto dos pássaros, Os vizinhos, Bessarábia uma feira de histórias, Portar(ia) silêncio, Como nasce a chuva, Mundo Português e A Bruxinha.

Em junho: Ciranda de leitura, Baú de histórias, Os bebês podem ler, Encantos de leitura, Encontro com as amigas, Mediação de leitura, Ler é bom, Projeto primeira infância, clube da leitura e mais!

Encontros: Maria José Silveira, Santiago Nazarian. Mesas: Fábio Moon e Gabriel Bá. Palestras: Aula brincante de mamulengo, A borboleta azu, A arte de contar histórias para a primeira infância, A Flor de Lirolay e outros contos da América Latina, Literatura no vestibular, Novos matizes ideológicos no Brasil, A palavra falada do contador de histórias, Festa junina e Um passeio entre deuses e heróis.

Cine-literatura infantil, Cinema nas bibliotecas, Clássico dublado, Em cena: Debates contemporâneos, Entre o mistério e o devaneio, Entre os muros da escola, Escombros e fronteiras, Jogos Vorazes, Quadrinhos na tela, Sessão clássicos, Sessão nostalgia e Tempos de diversão: Jacques Tati são as mostras de cinema de junho.

Artesanato, Brincando em inglês, Capoeira, Dança do ventre, Dança sênior, Futsal feminino, Futsal masculino, Literatura e a vida, Maracatu do Baque Virado de Raiz Nagô e Oficina de adereços da festa junina.

Inscrições abertas para o Programa Veia e Ventania no período de 11 de maio a 9 de junho de 2015.