26 de fevereiro de 2012

Até a próxima...

Olá, pessoal!
Hoje eu deveria estar postando mais um Essa Semana mas venho com um post pequeninho para falar que o blog ficará desativado por um tempo - talvez semanas, meses - por um motivo que contornarei, assim espero, para voltar para esse espaço. 

Beigos!

Até a próxima...

19 de fevereiro de 2012

Essa Semana #24


Meme semanal hospedado pelo Lost In Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em participar? Saiba como aqui!

Leitura do momento:
Cora Coralina - Coração do Brasil
Slam de Nick Hornby

Livros emprestados da biblioteca: 
Os livros acima, após séculos fui na Biblioteca Mário de Andrade.

Livros emprestados:
Fallen de Lauren Kate, empréstimo da Natani Ribeiro, saudades daquela louca.

Li essa semana:
Sereia de Tricia Rayburn *-*

Resenhei essa semana:
Já repararam que eu não resenho NADA +21

Comprei essa semana: 
Nada. 

Ganhei essa semana: 
Um cabelo novo.

Desejo Comprar Urgentemente:
Livros pra faculdade.

Estado de Espírito Literário: 
Estressado.

Feito da Semana: 
Pedir demissão após 9 meses na de empresa. 

Im in mood for... (gênero literário do momento):
Poesia.

Super Quote:
Sereia tinha alguns trechos legais, mas não marquei nenhum.

Vi e viciei (booktrailers, trailers, vídeos whatever):
Nada essa semana.

Beigos!

18 de fevereiro de 2012

2012 não será um bom ano para metas.

Esse definitivamente não será um ano propício para metas porque o mundo vai acabar, brincadeirinha!  
Cheguei a primeira afirmação após uma série de reflexões entre ócios, leituras e viagens de ônibus por  São Paulo...

Essa sou eu, escrevendo no blog quando queria estar
em Olinda, Salvador ou mesmo em Caravelas...
Comumente, faça uma lista das metas que desejo alcançar no ano que entra, fiz a lista para esse famoso ano, pouquinhas metas que postei aqui, coisas simples como começar meu curso de Inglês, já escolhi o local agora falta o mãetrocínio, mudar de emprego, ler 80 livros... Também me candidatei a dois desafios literários, eles me ajudariam a chegar à meta de leitura do ano. 

Mas, cheguei a bela conclusão de que NÃO CONSEGUIREI CUMPRIR METAS EM 2012. Por falta de vontade, talvez, não por falta de tempo, já que eu pedi demissão de um emprego ruim,  tenho tempo de sobra para cumprir essas metas, para viver mais e para as aulas desse terceiro semestre da faculdade, mas... VEM CÁ, e lá eu estou com cara de quem quer ler um livro, por obrigação, porque precisa seguir o cronograma dum desafio? Hein, Maura!? A resposta é NÃO, não estou. Não estou com ânimo para ler um livro que um tema me impõe, não quero seguir a estúpida meta de começar um relacionamento sério, isso é coisa de Facebook! Eu quero ler o que me der na telha, tirar 10 em todas as matérias não porque prometi que faria isso nesse ano, e sim, porque é minha obrigação para com meus estudos. Bom, eu li até agora 2 livros e meio (capítulos finais de Seria, Tricia, precisamos conversar sobre esse seu livro, senhorita!) e estava me martirizando por isso... SÓ LI DOIS LIVROS ATÉ AGORA, BUÁ, BUÁ! Eu estava me irritando profundamente com isso, sério! Estava frustrada com esse número, mas... Quem liga pra números é matemático, velho! Eu estudo Letras, tenho que ler um monte de coisa e o prazeroso hábito de leitura que mantenho fora da sala de aula é por prazer e não por status... E daí que fulano leu 400 livros!? Meu estomâgo está doendo, nervosismo porque dei uma de louca aqui e fome, não almocei hoje diante da tensão de um processo UBER seletivo para um trampo fudidinho.
Chega de delongas, senhorita! 
A mensagem foi dada: não cumprirei as metas impostas para esse ano, também abandono o Desafio Literário 2012 e Um Desafio Realmente Desafiante, só o item Mais dedicação aos estudos, conceito 10 em todas as matérias será mantido, isso é mais que minha obrigação. 

No longínquo 31 de dezembro que se aproxima, SE O MUNDO NÃO ACABAR  farei outra retrospectiva, mas não estipularei mais metas do tipo: vou ler tudo isso, vou pegar um monte de homem bom, vou sair para inúmeras baladas, vou engordar 3 quilos... Tudo isso é besteira de ser humano, anotar o que preeeecisa fazer, o essencial, o necessário é pedir a Deus, desejar, correr atrás de felicidade, saúde, paz, esperança e economizar dinheiro, começar o Inglês e dedicar-se aos estudos vêm quando você consegue aqueles itens ali. 

Depois do Carnaval, volto com alguma postagem, com algum conteúdo decente... Por enquanto, SE JOGUEM NA FOLIA POR MIM! E cuidem-se, meu povo lindo do Brasil!

Beigos!

12 de fevereiro de 2012

Essa Semana #23


Meme semanal hospedado pelo Lost In Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em participar? Saiba como aqui!

Leitura do momento:
Sereia de Tricia Rayburn
Quincas Borba de Machado de Assis

Livros emprestados da biblioteca: 
Os livros acima. 

Livros emprestados:
Fallen de Lauren Kate, empréstimo da amiga do antigo trabalho. 

Li essa semana:
Nada.

Resenhei essa semana:
Já repararam que eu não resenho NADA +20

Comprei essa semana: 
Roupas U.U

Ganhei essa semana: 
Dor de cabeça, novamente. 

Desejo Comprar Urgentemente:
Nada tão urgente +5

Estado de Espírito Literário: 
Animadis.

Feito da Semana: 
Pedir demissão após 9 meses na de empresa. 

Im in mood for... (gênero literário do momento):
Romance.

Super Quote:
''[...] a imortalidade é o meu lote ou o meu grande dote, ou como melhor nome haja. Viverei perpetuamente no meu grande livro. Os que, porém, não souberem ler, chamarão Quincas Borba ao cachorro, e...''.
Página 16 de Quincas Borba

Vi e viciei (booktrailers, trailers, vídeos whatever):


Beigos! 
Uma excelente semana para todos, para a mais nova desempregada da praça. Que na semana que entra, eu consiga meu estágio, esse não remunerado mas aguardado. 

A volta! Music Box #10


Olá sou João Lucas e o Music Box está de volta!, Minha coluna semanal quinzenal, depois de tanto tempo de férias, aqui estou  comentando sobre as dádivas musicais da atualidade e da antiguidade!

Capa

Conhecem Lana Del Rey? Creio que sim, ela já tinha lançado um disco em 2010 chamado "Lana Del Rey A.K.A Lizzy Grant", mas ganhou mais notoriedade e atenção da mídia com o disco "Born to Die" lançado no dia 30 de Janeiro de 2012, e pudera né?

O disco é muito bem feito e um dos melhores do ano até agora (rum, ainda estou esperando outras novidades musicais como em março o novo disco da Madonna, MDNA), mas voltando a Lana Del Rey, agora vou falar desse maravilhoso disco, o Born to Die, o disco dá inicio com o segundo e maravilhoso single, Born to Die, uma canção que ganhou destaque por sua letra e ritmo, viciante e muito poético, Off to the Races possui um ritmo e uma letra bem engraçadinha , Blue Jeans é depressão total, uma faixa para fazer qualquer um chorar (eu pessoalmente choro com a canção) , Video Games foi o primeiro single do disco, possui um inicio sombrio e batida perfeita, Diet Mtn Dew uma letra fofa com batida contagiante impossível de não ouvir umas duas vezes, muito me parece que National Anthem é uma das faixas mais admiradas do disco, com uma batida bem feita e uma letra super interessante "Eu sou seu hino nacional" romântica e se mistura com superficialidade, Dark Paradise é uma das minhas preferidas a letra combina comigo quando estou apaixonado, Radio uma música que começa parada, depois acelera no refrão, e assim vai seguindo, Carmem retrata a vida de uma garota de programa é fria e obscura, Million Dollar Man, uma música fantástica, Lana interpreta com uma voz bem gemida como se estivesse em uma satisfação grande com o amado, como se retrata na letra da canção, como se já não tivesse romantismo e tristeza demais no álbum vem Summertime Sadnesse e acaba de vez com você, como não podia faltar em um álbum feminino, um grito de guerra  de Lana Dey Rey com This Is What Makes Us Girls, Without You é outra canção linda e ritmo perfeito, Lolita me lembra algumas demos do Femme Fatale da Britney, mesmo sendo melhor.

Singles:

Clipes:
Video Games
Born To Die

Por fim! O álbum da Lana merece nota 10! Um dos melhores do ano!

E no fim uma triste notícia, morreu ontem - já é quase domingo, pessoal! dia 11 - a cantora Whitney Houston, mesmo que o caminho das drogas a tenha levado à morte, ela foi uma grande artista e diva e teve seu espaço no mundo da música! Descanse em Paz!
Até a próxima!

8 de fevereiro de 2012

Retrospecto Mensal: Em Janeiro...

Postagem onde faço uma pequena retrospectiva do mês anterior, sem muitas delongas, apenas o que eu li, o que assisti, onde fui...

Li:
Pão-de-Mel de Rachel Cohn *empréstimo da BSP
Amor em São Petersburgo de Heinz G. Konsalik para o Um Desafio Realmente Desafiante. *acervo pessoal 

Não Li: 
Crônicas Para Ler na Escola de José Roberto Torero
A Mesa Voadora de Luiz Fernando Veríssimo, comecei mal o Desafio Literário. 

Ouvi:
O disco Nó na Orelha de Criolo no modo repeat e uma lista de reprodução bem diversificada que possuo em meu Media Player.

Durante os 31 dias o mês de janeiro,  a palavra que reinou foi: preguiça e não livros como acreditava que seria. Em janeiro de 2011, tive a oportunidade de ler bastante porque estava vivendo outra realidade. Atualmente, ando cansada e ler está tornando-se uma obrigação não, como deve ser, um hábito que traga satisfação, prazer. 
Outro sentimento que imperou no último mês foi o de culpa, porque em dezembro gastei mais o que devia e bom, quando me deparei com o primeiro salário do ano, eu fiquei chocada com aquilo. AQUELE MONSTRO, o HOLERITE. Comprei livros que não precisava, er, eu necessitava na realidade, como Harry Potter: Das Páginas Para A Tela, ele entrou para a minha coleção mas me causou um puta estresse enorme rombo em meu orçamento diminuto. Ou seja, a primeira lição do ano foi: antes de comprar, pense. Mas, pessoal, vocês acham mesmo que eu aprendi com isso? Eu dei uma de louca e comprei algo que nem gosto muito, roupas e voltei a me sentir culpada. Putz, ao invés de poupar para a viagem que planejo fazer no próximo semestre eu compro mais calça jeans e blusa. 
Em suma, esses trinta e um dias estranhos, alô, São Paulo, isso é verão?, foram TERRÍVEIS, presságio de que 2012 será, mesmo, o ano do fim. #brinks

Novidade: 
Em janeiro, o blog obteu sua primeira parceira com autor, o J.R.Viviani, informações sobre seus títulos, biografia e novidades você têm acesso no blog do mesmo. Para quem possuí perfil no Skoob, vale a pena, conhecer a página dele na rede social e marcar como vou ler em seus livros, como eu fiz ;)

O ócio do primeiro mês do ano deu lugar a, novamente, um início de mês difícil com questões de saúde, os livros que irão me acompanhar em fevereiro são: Fallen de Lauren Kate, Quincas Borbas de Machado de Assis, Sereia de Tricia Rayburn, remédios para um cotidiano que faz mal muito mal à chata da minha companheira gastrite. 
Bom, o próximo balanço mensal, sem dúvida, será BEM mais alegre porque minhas aulas voltaram e esse bendito curso de Letras me faz continuar. 

Beigos!

5 de fevereiro de 2012

Essa Semana #22



Meme semanal hospedado pelo Lost In Chick Lit , onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em participar?Saiba como aqui!

Leitura do momento:
A Mesa Voadora de Luis Fernando Veríssimo 
Sereia de Tricia Rayburn

Livros emprestados da biblioteca: 
A Mesa Voadora de Luis Fernando Verissimo.

Livros emprestados:
A Natani Ribeiro, colega de trampo, me emprestou Fallen de Lauren Kate, assim que terminar os que estou lendo, ele será o próximo. 

Li essa semana:
Amor em S. Petersburgo de Heinz G. Konsalik

Resenhei essa semana:
Já repararam que eu não resenho NADA? +19

Comprei essa semana: 
Nada.

Ganhei essa semana: 
Dor de cabeça.

Desejo Comprar Urgentemente:
Nada tão urgente +4

Estado de Espírito Literário: 
Voltando da rehab.

Feito da Semana: 
Nenhum.

Im in mood for... (gênero literário do momento):
Infanto-juvenil. 

Vi e viciei (booktrailers, trailers, vídeos whatever):

3 de fevereiro de 2012

Quero Ler #24

Três livros que desejo muito ler, quero, mas que estão na fila para serem adquiridos, comprados ou encontrados nas bibliotecas da cidade. 

Título: Tudo o que é Sólido pode Derreter
Autor: Rafael Gomes
Editora: Leya
O MUNDO DE SOFIA ENCONTRA A LITERATURA! Que tal ser amiga de Thereza, uma jovem cheia de sonhos, e junto com ela e seus amigos da escola envolver-se no mundo da literatura e descobrir que, sim, a vida fi ca muito mais encantadora na companhia de Machado de Assis, Fernando Pessoa e Camões? Considerado O mundo de Sofia da literatura, Tudo o que é sólido pode derreter traça paralelos entre os livros e a vida, e constrói uma crônica juvenil delicada e divertida, que mistura humor e drama para abordar o tema da transição para a idade adulta. Exibida pela TV Cultura desde 2009, a série já tem sua segunda temporada prevista para 2011. Criada e dirigida por Rafael Gomes (responsável pelo premiado vídeo Tapa na Pantera do YouTube), a série foi recentemente lançada em DVD e já se fala em uma adaptação para o cinema.


Título: A Trilha da Lua Cheia (Diogo e Diana #2)
Autores: Tabajara Ruas e Nei Duclós
Editora: Galera Record
Desta vez, tudo começa quando um antigo diário é descoberto em uma expedição submarina. Com ele, vem à tona a história do Esperanza e sua sinistra tripulação. O trio de professores,formado por Kandir, Devoto e Gajeta começa a decifrar a história do galeão espanhol, passada a mais de 400 anos. E como na Ilha da Magia nada é só o que parece, Diogo, Diana, Jacaré e Suelen logo percebem que coisas estranhas voltaram a acontecer. Casas inteiras estão sendo engolidas pela terra, pedras que são capazes de revelar mensagens escondidas e a sensação de que as bruxas continuam silenciosamente trabalhando


Título: 50 anos a Mil
Autor: Lobão
Editora: Nova Fronteira
"50 Anos a Mil" é a explosiva autobiografia de Lobão. Da infância calma no Rio de Janeiro ao Grammy de 2007, passando pelos anos de loucura ao lado de Cazuza e Júlio Barroso, as brigas com gravadoras e a prisão por porte de drogas, o cantor mais polêmico do rock brasileiro conta tudo com surpreendente bom humor. Todos dizem em algum momento da vida: "Isso dá pra escrever um livro." Lobão, pelo jeito, é um recordista nesse tipo de momento. "50 Anos a Mil", a autobiografia do músico, é um percurso pela história artística do Brasil a partir dos anos 1960, cheio de humor ácido, tiradas inteligentes e detalhes sórdidos da vida de Lobão... e de muito mais gente.

Um trio de livros adoráveis: assistia Tudo o que é sólido... e sou apaixonada pela série, portanto, desde que soube do lançamento do livro estou querendo comprá-lo; a continuação das aventuras de Diogo e Diana aguardava ansiosamente, enfim, chegou!!! e a autobiografia do Lobão será meu próximo empréstimo na Biblioteca de São Paulo

Beigos!