4 de julho de 2014

Novos na Estante #17



Essa postagem foi alimentada por livros que ganhei a partir de março, trouxe da feirinha de trocas  de livros/gibis realizada em maio e... Bom, er... Umas comprinhas!



Adiei, adiei, adiei a postagem dos "até então" livros novos, pois queria me sentar e escrever algo bonito (mais pensado, sabe?!) para agradecer Lili, porém, eu não preciso comentar que as obrigações da faculdade me deixaram sem cabeça... Quando conseguia um minutinho de paz, queria fugir da tela do computador. 
Todo esse tempo depois, quase três meses, venho agradecê-la Lili, obrigada, pelo livro e pelas cartinha. O livro da Cecelia Ahern ganhei no sorteio de pós-carnaval, uma imensa surpresa e felicidade, saber que fora eu, a sorteada (já que ando sem sorte, esse ano). Da autora, tenho muita vontade de ler o famosíssimo PS: Eu te Amo! e Se você me visse agora, que me conquistou durante andanças entre os corredores da biblioteca. Não sei o por quê de ainda não ter lido o segundo, pois sei até em qual corredor ele fica, hehe. 
Enfim, obrigada, Lili, pela palavras! Me deixaram sorrindo por um dia todo e me deixam feliz quando a vejo dentro da agenda. 

Na edição de maio da Feira de Troca de Livros e Gibis, que aconteceu no Parque do Piqueri, levei alguns livros que não queria mais e...

trouxe tudo isso!


A vaca voadora, de Edy Lima, que é bem famoso e eu nunca li!
A bolsa amarela, da Lygia Bojunga que pretendo reler e amar, mais ainda!
Mas não se mata cavalo?, de Horace McCoy;
As asas do sol, de Jordi Sierra i Fabra;
O bigode, de Emmanuel Carrère;
Cupido e Psiquê e outras narrativas;
Anjo da Morte (Os Karas #3),  de Pedro Bandeira;
A marca de uma lágrima, de Pedro Bandeira: finalmente lerei esse livro!!!
Cara pintada, de Renato Tapajós;
Pollyanna, de Eleanor H. Porter que desejo reler :)
O olho de vidro do meu avô, de Bartolomeu Campos de Queiróz: saudades de ler Bartô;
A cor púrpura, de Alice Walker;
Desculpa, quero me casar contigo, de Federico Moccia: o trouxe como "desculpa" para ler o primeiro livro :)


Ganhei!

Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA. Obrigada, Renato! Será bem útil :)
As Cidades Invisíveis, de Ítalo Calvino;
A elegância do ouriço, de Muriel Barbery: cês sabiam que ele fora publicado por essa Pearson? Eu não;
Marcelo, Membrillo, Martillo y otras historias, de Ruth Rocha: bonitezas na máquina de livros da Linha Amarela, é do Renato, então é meu!
Não deixe de acreditar - Guia não oficial da série, de Erin Balser e Suzanne Gardner: fui no clube do livro, o VAP, sobre O mágico de Oz e o Renato ganhou esse livro durante os sorteios que acabou me dando. Admito que prefiro as músicas do Glee, já o seriado sempre acompanhei menos. Talvez eu o leve para trocar na feirinha de julho... 
Da Fera à Loira, da Marina Warner ou, o melhor livro! Presente do querido. 
E... O presente, de Cecelia Ahern :)


E pra finalizar com chave de ouro...

Comprei livros! Pois é... Comprei! Podem rir de mim, amiguinhos! Prometi ficar... Aham! Mas, a minha promessa não é ficar 365 dias sem comprar livros e sim,  361 dias! Então, como comprei apenas (apenas, aham) livros em... 3 dias, ainda tenho um diazinho para chutar o pau da barraca, ou seja, o último da Bienal #muahahah e ficar o resto do ano me controlando, fugindo das andanças pelo Centro de Sampa que sempre me levam a algum sebo (Tem muito sebo naquela região central!!!)

Ops, comprei!

Razão e Sentimentode Jane Austen aka Razão e Sensibilidade e Lancelot, de Gwen Rowley: estavalam lá:  1 por 3, 2 por 5: escolhi, escolhi e trouxe os dois.
Os Sertões, de Euclides da Cunha: puxa! 5 reais é mancada!
Foverer, de Judy Blume: O trouxe usando a desculpa, preciso começar a ler em inglês! 
Derby Girl, da Shauna Cross novo por 10 reais! Não resisti!
O verão de 80, de Marguerite Duras: culpa da Juliana que disse que estava por 1,80 dinheiros no sebo. 
Delírio, de Laura Restrepo,  o único que eu poderia comprar porque é da coleção Folha Iberoamericana, mas como sou doida, acabei comprando mais todos os aí de cima. Ai, ai...


Acho que essa coluna volta lá no final de agosto, quando revelar se falhei em minha promessa de ficar os 361 dias sem adquirir livros. Espero conseguir... E apenas trazer alguns livros pra casa no último dia da Bienal. 


Beijos!

2 comentários:

  1. Maura, eu sou doida pra ter minha edição de A cor púrpura, esse livro é maravilhoso. Um dia ainda compro. A marca de uma lágrima tb é muuuuito bom.
    Sou curiosa pra ler esse da bolsa amarela, me falaram mto bem dele...
    leia Mas não se mata cavalos, LEIA rsrsrs o/o/o/
    bjs :D
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Maura, quanta coisa boa! Olha, sabia que essa promessa de não iria durar, mas você aguentou bastante e comprou os livros por preços ótimos. Outra coisa, depois dessa fase estressante de TCC, você mais que merece sair da promessa ;)
    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!