13 de fevereiro de 2014

Quero Ler #38 - #LeiaMulheres2014

Seis livros que desejo muito ler e que estão na fila para serem adquiridos, comprados ou encontrados nas bibliotecas da cidade. 

Neste ano, o desejo é ganhar ou ler emprestado porque comprar livros em 2014... Não posso, não!


Título: A descontrução de Mara Dyer
Autora: Michelle Hodkin
Editora: Galera Record
Um grupo de amigos... Uma tábua ouija... Um presságio de morte. Mara Dyer não estava interessada em mensagens do além. Mas para não estragar a diversão da melhor amiga justo em seu aniversário ela decide embarcar na brincadeira. Apenas para receber um recado de sangue. Parecia uma simples piada de mau gosto... até que todos os presentes com exceção de Mara morrem no desabamento de um velho sanatório abandonado. O que o grupo estaria fazendo em um prédio condenado? A resposta parece estar perdida na mente pertubada de Mara. Mas depois de sobreviver à traumática experiência é natural que a menina se proteja com uma amnésia seletiva. Afinal, ela perdeu a melhor amiga, o namorado e a irmã do rapaz. Para ajudá-la a superar o trauma a família decide mudar para uma nova cidade, um novo começo. Todos estão empenhados em esquecer. E Mara só quer lembrar. Ainda mais com as alucinações - ou seriam premonições? - Os corpois e o véu entre realidade, pesadelo e sanidade se esgarçando dia a dia. Ela precisa entender o que houve para ter uma chance de impedir a loucura de tomá-la....

Li poucas resenhas sobre esse livro, a última me fez ficar histérica: preciso ler, preciso ler!!!, se não lembrasse da minha promessa de não comprar livros, teria ido à livraria naquele dia porque minha curiosidade era IMENSA! 

Título: E a noite roda
Autora: Alexandra Lucas Coelho
Editora: Tinta da China Brasil 
Depois de várias narrativas de viagem, do Afeganistão ao México esse é o primeiro romance de Alexandra Lucas Coelho lançado no Brasil. Ana e Léon se conhecem em Jerusalém na véspera da morte de Yasser Arafat. Aí começa uma história que atravessa várias cidades e paisagens, da Faixa de Gaza à Mancha de Quixote, enquanto o mundo exterior vai se fechando num quarto sem saída. "Toda a praça roda à minha volta e tu és um buraco negro. Então o sol dá-te em cheio. Estás encostado à fonte, depois da estátua de Giordano Bruno, que há 400 anos foi queimado por dizer que nós é que rodamos à volta do sol. Fumas uma cigarrilha, chamas-te Léon. És um desconhecido e és tu. Qual deles vais ser?" - "Alexandra Lucas Coelho entra pela primeira vez num território que não lhe conhecíamos - o quarto, a cama, o sexo, o desejo - e todo o potencial da sua escrita feita de cheiros, imagens e descrições explode em possibilidades infindas." Revista Time Out - "A linguagem sofisticada, elegante, de um lirismo sutil, é já a de uma grande escritora." Jornal Expresso.

Conheci no blog da Paula, Pipa não sabe voar e gostei da história e os livros dessa editora são lindos! Leia a postagem sobre o livro :)

Título: Os Indianos
Autora: Florência Costa
Editora: Contexto
A Índia é tudo aquilo que um turista vê. Mas também o seu oposto. Os contrastes estão a cada esquina. O país é espiritual e material; pacífico e violento; rico e pobre; antigo e moderno. Cultiva a democracia, mas mantém as castas. Criou o Kama Sutra, mas veta beijos nos filmes de Bollywood. Há indianos encantadores de cobra – ainda que a atividade seja proibida – e engenheiros de software. É perigoso generalizar sobre um país com mais de um bilhão de pessoas, divididas em milhares de castas, com sete religiões e mais de 20 línguas oficiais. Então, como conhecer esse povo que fascina tanto o Ocidente? Partir de sua história é essencial, desde a primeira civilização, que surgiu naquelas terras há 5 mil anos, até a recente independência, incluindo a relação com os vizinhos China e Paquistão e a explosão tecnológica dos dias de hoje. A jornalista Florência Costa – que tem laços de família com a Índia, onde viveu por muitos anos – nos leva à cozinha indiana, com seus múltiplos temperos; às festas monumentais de casamentos arranjados; à espiritualidade e às religiões e até aos banheiros (raros). Livro imperdível para quem quer conhecer (ou acha que conhece) os indianos.

Fui na Festa do Livro da USP de 2013 esperando encontrar esse livro: não tinha! Sofri um pouquinho, mas comprei dois livros que posso usar no trabalho e bom, a tristeza passou um pouquinho, hehe. Essa coleção da Contexto está linda e eu acredito que gostarei bastante desse livro sobre um país que não conheço e gosto desde sempre.

Título: Eleanor & Park 
Autora: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.


Outro que conheci no blog da Pipa (postagem sobre o livro), quando vi que seria lançado fiquei saltitante - eu sempre sou saltitante, mas nesse caso, existia um por quê, haha. 

Título: Esta é uma história de amor - ...mas nem toda história de amor é igual.
Autora: Jessica Thompson
Editora: Novo Conceito
Um rapaz conhece uma menina e a menina se apaixona pelo rapaz – até aí, nenhuma novidade. Mas, com Sienna e Nick, as coisas não acontecem do jeito que costumam acontecer nas histórias de amor. Tudo bem que ela o achou superparecido com o Jake Gyllenhaal, seu ator preferido. E ele teve o maior frio na barriga quando viu aqueles lindos olhos azuis-escuros no metrô. Nada disso importa quando a gente está fechado para balanço. Ela é frágil... Tem tantos segredos. E ele não está a fim de nada sério. Engraçada e ao mesmo tempo triste, esta é a história de duas pessoas destinadas a não ficarem juntas... mesmo sendo a coisa que elas mais querem no mundo. 


Cheguei a ler o começo do livro da na edição portuguesa (com o título Duas Vidas, editora ASA). mas por algum motivo deixei de lado. Demorou, mas a versão brasileira foi anunciada e bom... Novamente, uma capa que não me agrada, porém, esperava algo tão horrendo que essa 'toda cheia de coraçõezinhos e  um casal que não se parece nada com o criado imaginado por mim pela Jessica' não é tão ruim assim. 

Título: Poemas
Autora: Wislawa Szymborska
Editora: Companhia das Letras
Aos 88 anos, Wislawa Szymborska vive desde menina em Cracóvia, cidade situada às margens do Vístula, no sul da Polônia. O fato de ter permanecido a vida inteira no mesmo lugar diz muito sobre essa poeta conhecida por sua reserva e extrema timidez. Contudo, embora os fatos de sua vida tenham permanecido privados, quase secretos, seus poemas viajam pelo mundo. Não são tantos: sua obra inteira consiste em cerca de 250 poemas cuja função, como declarou a poeta no discurso de Oslo, é perguntar, buscar o sentido das coisas. Com sua poesia indagadora, Szymborska foi chamada “poeta filosófica”, ou “poeta da consciência do ser”. No Brasil, teve poemas esparsos publicados em jornais e revistas ao longo dos anos, mas esta edição da Companhia das Letras, com seleção, introdução e tradução de Regina Przybycien, é a primeira oportunidade que tem o leitor brasileiro de lê-la em português. A coletânea de 44 poemas é uma belíssima apresentação à obra dessa importante poeta contemporânea.
Outro livro que fiquei com vontade de ler após conferir um post do Pipa não sabe voar, precisamente um poema do livro "Poemas".




Já que 2014 é o ano de ler mulheres. Uma primeira postagem com escritoras que quero conhecer esse ano...

Conheça o projeto Um quarto só seu proposto pela Juliana Brina e o projeto Leia Mulheres 2014, ambos 'sem perceber', ou melhor, sem ter comentado ainda acabei aderindo, quero ler mais escritoras: brasileiras, estrangeiras, de livros infantis, autoras YA, poetisas... :)

Beijos!

4 comentários:

  1. Eu também to doida pra ler A desconstrução de Mara Dyer, mas nenhum deles como Eleanor & Park. Esse livro parece que vai ser bem fofo e divertido, daqueles pra fazer a gente suspirar. Louca pra ler!!!

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise, parece que vai ser mesmo *.*
      Também estou louca pra ler!!! ;D

      Beijos!

      Excluir
  2. Gosto realmente é uma coisa que cada um tem o seu, porque diferente de vc achei fofa a capa do livro Está é uma história de amor, pretendo ler se tiver oportunidade. Assim como vc também estou evitando gastar com livros para diminuir minha pilha de não lidos, mas não serei radical alguns serão comprados sim. Beijos e cuide-se!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fofa ela é, o que não curti mesmo foi o 'casal' :X

      Beijos!

      Excluir

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!