9 de novembro de 2013

TAG do Antigo e Novo

Criada por Renata, Carla e Aline do Só Sobre Livros.


Regra única: antigo é antigo (há mais de 10 anos) e novo ou recente a partir de 2010! O objetivo da TAG é colocar o livro e EXPLICAR o por quê de tê-lo indicado, sempre evitando os spoilers para quem ainda não leu!



Percebendo que não conseguiria responder a TAG por que tenho 20 anos e há dez anos não havia lido muitos livros, comentei com as meninas e elas me deixaram diminuir meu antigo... O diminui para 6 anos (leituras até 2007), mas aparecerão uns livrinhos que li há mais de 10 anos também... :)


Um livro que te emocionou há muitos anos e
Um livro que te emocionou recentemente
Para um livro que me emocionou há muitos anos ia escolher o lindíssimo O teatro de sombras de Ofélia, de Michael Ende mas lembrei de uns livros-imagens publicados pela Sextante que li quando era bem pequena, foram emocionantes na época por que significaram muito para um serzinho que estava começando a ler: a pequena Maura ficou toda emocionada por que conseguiu ler sozinha as 108 páginas de Um dia daqueles num 2001 que parece ter sido vivido há milênios...
Estava doente ao ler Vermelho Amargo e não sei se meu estado fez com que eu me emocionasse ainda mais com o livro do Bartolomeu Campos: é um livro lindo. E bom, pra falar a verdade reli uns trechos e vi que o efeito que ele causou em mim continua forte, fortíssimo! 


Um livro que você leu rápido há muitos anos
Um livro que você leu rápido recentemente:
Em 2006, eu tinha 12 anos e ainda não gostava tanto de ler... Até que a patroa da minha mãe começou a me emprestar os livros de Harry Potter, fora da ordem (detalhe!!!), li o terceiro, o quarto, o quinto, o último, o sexto, segundo e primeiro, por isso se eu não lembrar de algum detalhe... Você já sabe :P 
A Ordem da Fênix tem 700 páginas e eu o li em 4 dias, lembro que estava de férias e minha mãe brigava comigo por que ficava o dia todo trancada dentro do quarto... lendo! Ele é o meu preferido da série, mesmo tendo chorado um rio inteiro lendo-o. 
Eu sempre devoro quadrinhos... Lembro que li Retalhos em algumas horas, e fiz o empréstimo na biblioteca por que queria reler. O último que li rapidinho, rapidinho foi Umbigo sem Fundo, comecei no sábado à noite, li umas 30 páginas e no domingo, em cinco horas, li as 690 páginas que restavam... Sei que têm pessoas que leem 400, 500 páginas em 2, 3 horas (E a galera que consegue esse feito em 1 hora!!! Invejo-os!) mas eu sou lerda, lerdinha (eu leio, releio, leio de novo, releio até achar que compreendi mesmo!!!) e o último que li muito rápido foi esse, e bom... Espero que quadrinho conte como resposta para a tag :P


Um livro do qual você sentia ciúmes
Um livro do qual você sente ciúmes ainda hoje
Acredito que ganhei Os Vikings: Mitos e Lendas, de Gilles Ragache na escola, acho que sim por que até escrevi dentro dele meu nome e a minha turma: 4a série B. 
O li tanto que até decorei umas partes e mesmo ele estando todo amassado, cheio de assinaturas que fui deixando ao longo do anos (a cada nova série identificava que aquele livro era meu! Só meu! Meu! Meu! Opa... Menos!!!) nunca emprestei por medo de nunca mais o ver... 
Eu adoraria ter grana para poder comprar vários exemplares de O Circo da Noite, de Erin Morgenstern e presentear os queridos. Só o emprestei uma vez e sinto que não o farei novamente por que o detalhe (o brilhinho!!!) do título está apagando e daqui algum tempo não terá mais nada... Pô, Intrínseca, vacilou nessa edição! E além disso, é um livro que eu adoro e eu fico triste ao ver ele sendo destruído por críticas negativas, sei que é a vida: você ama um livro, o vizinho odeia, mas, eu tenho ciúmes dele por que além de ser lindo visualmente, é magnifico! 


Um livro que te surpreendeu há muitos anos
Um livro que te surpreendeu recentemente
A lembrança que guardo de Alice no País das Maravilhas (Lewis Carroll) é a da bibliotecária da minha escola preferida, uma senhora chata, me dando o livro após eu dizer que queria ele sem saber o que queria na hora... 
A maioria das escolas estaduais possuem bibliotecas trancadas, os alunos não podem circular entre as prateleiras e descobrir histórias por conta própria, é a bibliotecária que pega o livro para você, na minha escola tínhamos que anotar numa ficha o título que queríamos, como eu não sabia qual livro queria, vi uma edição com ilustrações bem coloridas de Alice, disse que queria aquele... 
Me surpreendeu na época, lembro que achei a história mais louca que havia lido até aquele dia! Foi uma viagem muito doida!, E olha que havia lido quase nada, mas fugindo um pouco da proposta dessa resposta, tenho um certo trauma com essa história (sim, a história de Alice) e bibliotecas escolares... A minha vontade é de quebrar aquelas portas, gritar para os diretores contratarem bibliotecários, de verdade, que sejam mediadores de leitores e não funcionários que não nos deixavam descobrir as maravilhas contidas nos livros, e ainda não deixam os atuais alunos! Me surpreendeu Alice no País das Maravilhas mas me traumatizou um pouquinho :(
Sensacional é a palavra que uso sempre para definir A Invenção de Hugo Cabret, de Brian Selznick... Foi uma dessas surpresas que tive ao passear pela biblioteca, uma biblioteca em que podemos circular entre as prateleiras, ufa!, e cair na sessão juvenil (tá, eu estou velhinha para ela mas insisto em ficar mais tempo entre os juvenis do que entre os romances que dizem que eu devo começar a ler), gostei da história, amei o final e aí, preciso ver o filme e fazer mais pessoas lerem essa história!


Um livro que você leu e achou que daria uma ótima adaptação há muitos anos
Um livro que você leu e achou que daria uma ótima adaptação recentemente.
A mulher só, de Harold Robbins. Pesquisei antes de postá-lo aqui se ele não havia sido adaptado para o cinema com um outro nome mas, pelo visto, não foi! Daria uma ótima, ótima adaptação, é emocionante e tem um final que me deixou boquiaberta ao lê-lo com meus 12, 13 anos...
Sereia, de Tricia Rayburn é misterioso e fisga o leitor desde a primeira página, um dos poucos voltados para o público juvenil (não li muitos, à propósito! Joguem pedras em mim por afirmar isso ^^) muito bons e que se for adaptado fiel ao livro seria um sucesso... 


Um livro que você leu há muitos anos e queria ter escrito
Um livro que você leu recentemente e queria ter escrito
Para a primeira não consegui pensar em um livro, pensei em livros: nos primeiros que li e que insisto em falar sobre: Pedro Bandeira (O Fantástico Mistério de Feiurinha), Ruth Rocha (A primavera da lagarta) e alguns que tenho a lembrança de ler aos 8, 9 anos mas não lembro os títulos, foram leituras que revisitei tanto naqueles anos que sinto-me um pouco parte deles, e acho que se tivesse que escrever algo, seria parecido com as primeiras histórias que li...
Faz algum tempo que o li Calafrio, de Maggie Stiefvater, lembro que a primeira coisa que pensei ao fechá-lo foi: "Nossa, esse é um livro que gostaria de ter escrito" por ter significado tanto para mim, e por que percebo que é uma história que faz muitas pessoas felizes mesmo sendo triste.


Um livro antigo que você recomenda
Um livro recente que você recomenda
Eu me vi obrigada a recomendar outro da série Harry Potter por motivos de... É o meu preferido da série. Ordem da Fênix mora no meu coração (mesmo tendo destroçado-o à época), mas O prisioneiro de Azkaban foi o primeiro que li, o primeiro que ganhei e o terceiro da série, haha, e eu só fui ler os dois primeiros em 2009, ou seja, dois anos após esse... Já falei que se eu não lembrar de algo é por que li fora da ordem, vocês me perdoam, né?
A minha leitura mais recente foi Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe, um livro antigo em tempo de publicação mas uma novidade em minha vida... E olha, tô arrependida por ter demorado tanto tempo para ler os contos desse moço! Para citar um dos contos que gostei muitíssimo, o início de Nunca aposte sua cabeça com o Diabo me deixou fascinada, preciso gravar esse trecho para o Leitura ao Pé de Ouvido (não conhece ainda esse projeto maravilhoso? Clica aqui!) Aí, me apaixonei pelo Poe!


Um autor estrangeiro consagrado que você recomenda
Um autor estrangeiro novo que você recomenda.
Nunca li mais de dois livros do mesmo autor então fica difícil recomendar um autor consagrado... Com exceção de Harold Robbins e Meg Cabot, os únicos que já li mais de dois títulos... Bom, vejamos uma reposta... Fico com a Meg por que mesmo não tendo lido nem 10 livros dela (e essa muiê tem livros, viu!) gostei dos que li, menos de Quase Pronta!
Ih, autor novo estrangeiro que recomendo? Que difícil... Vou ficar com a Tricia Rayburn de novo por que ela me surpreendeu em seu primeiro livro. Tem também a Erin Morgenstern, mas todo mundo já sabe que eu adoro essa mulher e seu, também primeiro, livro O Circo da Noite!


Um autor nacional consagrado que você recomenda
Um autor nacional novo que você recomenda
Senti uma dificuldade imensa para encontrar dois ou duas representantes para essa parte da tag, autores já consagrados havia elegido Monteiro Lobato, mas um rosto novo para fazer par com ele... Não encontrei, então decidi deixar sem resposta mas fazer um pedido: dicas de autores brasucas novos para Maurinha ler!!! Alguma dica? :)


Bom, é isso!
Aquela pausa que dei nas postagens foi encerrada temporariamente por que a rotina está calma, as leituras para o TCC estão paradas e cara... Eu tô precisando blogar para esquecer que a bolsa do estágio não foi depositada ainda!

Beigos!

10 comentários:

  1. Que legal, Maura! Você resgatou "Um dia daqueles"! Lembro que fez o maior sucesso quando lançaram, né? O primeiro de uma série de livros com fotos de animais para presentear as pessoas queridas. Lindo. E quero ler "O circo da noite" e "Umbigo sem fundo" de tanto que você fala. Devem ser bons.
    Esse negócio de biblioteca trancada e bibliotecária que não deixa os alunos procurarem seus livros é um saco. A biblioteca da escola onde estudei também ficava trancada, mas a gente ia lá uma vez por semana com a professora (isto é, acho que até a quarta ou quinta série, depois nunca mais fomos). O bom é que não tinha bibliotecária e a profa. deixava a gente escolher o que quisesse, com supervisão, claro. Depois dessa época, eu passei a usar a biblioteca do bairro mesmo. Ainda bem que já tinha adquirido o gosto pela leitura ;)
    Boa sorte com o rolo do estágio!
    beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Michelle, eu lembro que meus primos, namoradas dos primos e todos os amigos deles que eram os jovens da época vivam falando, e dizendo o quanto era divertido e gracinha, até que ele [meu primo] deixou que eu lesse <3
      Ah, espero que leia "O circo..." e "Umbigo sem fundo", sou meio suspeita para falar deles, acho as histórias boas e as adorei muito, muito!

      Nossa, um saco mesmo!
      Quando ouço comentários do tipo, ah, mas os alunos não leem... Lembro dessas escolas com as bibliotecas fechadas ou de funcionários que complicam mais do que ajudam na formação do gosto pela leitura e percebo que tem muita gente que não sabe nada sobre a realidade ><

      Obrigada, tô precisando de sorte!

      Beijão!

      Excluir
  2. Uhuuu Nem preciso dizer que adorei!!! Amo, amo, amo Harry Potter e adoro Edgar Allan Poe!
    Há um tempo fiquei de olho em "O Circo da Noite", mas não sei porque acabei desistindo dele, agora ele vai voltar pra mim listinha!! O "Alice" tb tenho q ler, tá escondido dentro do armário vou já já tirar ele de lá!
    Bjins!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla, leia O Circo da Noite, eh um livro lindo <3

      Beijão

      Excluir
  3. Ai, Maurinha, quantos livros lindos... Alguns eu li, como Sereia, Harry Potter, Allan Poe, mas outros já anotei também pra ler!
    Obrigada pelo carinho. Essa semana me responsabilizo a colocar o link de todo mundo que respondeu a TAG lá no nosso blogzinho lindo.
    Beijos e beijos.

    http://sosobrelivros,blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei responder a Tag, foi muito legal, flor :D

      Beijão

      Excluir
  4. Muitos clássicos maravilhosos, principalmente esse do Edgar Allan Poe!
    Adorei as dicas! Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, Mary *.* E esse do Poe é maravilhoso, lindo, incrível... É, acho que tá na cara que eu adorei, né? <3

      Beigos!

      Excluir
  5. Bom saber, estou louca para ler o circo da noite!

    depoisdeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juliana, espero que goste de O Circo da Noite, é um livro incrível! :D

      ;*

      Excluir

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!