10 de outubro de 2013

TAG Infância Literária

A TAG "Infância Literária" foi criada pela Bruna Camargo em "comemoração ao mês das crianças e foi inspirada na Tag "Minha Infância" que rola pelos canais de mulherzices".

1.Mostrar fotos da infância
Tenho muitas fotos da minha infância, mas todos os álbuns foram muito bem escondidos pela minha mãe que se recusa a me dizer onde estão (Não acredito que ela ainda acha que vou cortar as fotos como fazia quando tinha 7 anos...), possuo poucas escaneadas então decidi colocar as que mais gosto:
Irmão quebrando meu braço e a minha primeira 3x4 (1993 e 1994, respectivamente);

2.Qual foi o seu primeiro livro?
A Primavera da Lagarta, de Ruth Rocha.
Comentei sobre ele no meu testemunho para a Igreja do Livro Transformador por que foi o primeiro livro que li sozinha e que li tanto, tanto, tanto que até decorei uma boa parte dele :)
A edição que li com ilustrações da Maria Cecília Marra me acompanhou até a criança maluca que eu era recortar o livro. Dói lembrar que fiz isso mesmo! Guardei apenas a capa do livro, que ainda quero encontrar nessa mesma edição para poder ler para os sobrinhos, filhos... 




3.Memória boa de infância
A festa junina no Pré, na época de Creche.
Lembro que a sensação que tive, naquela tarde nublada, era de que aquele estava sendo o melhor dia da minha vida, ainda lembro com carinho do dia e recordo os poucos momentos que foram registrados em fotos: eu dançando quadrilha, minha mãe me obrigando a tirar foto com as tias da creche, desse meu figurino que acho ótimo até hoje, minha mãe ainda guarda o chapéu cinza! 
Não lembro se foi por pirraça...
Mas em todas as minhas fotos nesse dia não olho para a câmera!

4.Um livro que te traga nostalgia
A água do planeta azul, de Fernando Carraro considero como o primeiro livro que ganhei da minha mãe (e ele foi tão baratinho e quase não ganhei! Tive que implorara para ela comprar, rs), não lembro se antes ela já havia me comprado algum... E é nostálgico por que me lembra a quinta-série, a melhor série da escola em que tive a melhor a melhor professora da escola, e de Língua Portuguesa :)






5.Livro ou história preferida na infância 
Acho que li O Fantástico Mistério de Feiurinha, de Pedro Bandeira na terceira série e amei! Li várias vezes e durante anos fiquei recordando com carinho da história, só recentemente voltei a ler os livros do tio Bandeira, Feiurinha continua sendo o meu preferido, seguido de A Droga da Obediência (que li esse ano!), demorei mas descobri o por quê d'Os Karas serem tão comentados: é legal! E O Fantástico Mistério de Feiurinha lindo :)






6.Um personagem infantil que lembre você quando criança (não precisa ser de livro infantil)
Eu era, na definição da minha professora de Inglês da faculdade: uma criança capeta. Brigava, batia, quase nunca apanhava das outras crianças, ufa! e era arteira, além de comilona! Comia, comia, comia, comia! Outra lembrança que tenho forte é das comidas da Creche, ACM... Acho que só ia estudar por que sabia que as comidinhas eram tão boas quanto as da minha mãe :) E no final, acabei pegando gosto pelos estudos...
Então, a personagem que lembra a Maura pequena é: Magali!
Ainda hoje ela é a minha personagem da Turma da Mônica preferida, seguido pela líder da turma que também me lembra muito quando criança por que eu era esquentadinha, só não andava de vestido vermelho ;D


7.Uma história engraçada da infância
Não me lembro de muitas histórias, mas minha mãe sempre recorda de umas que me dão muita vergonha alheia.
A que ela adora relembrar é de quando meu irmão (três mais velho) foi ameaçado por uns meninos do bairro e ele voltou para casa chorando, eu tinha uns 5, 6 anos, fiquei nervosa, montei na minha bicicleta, peguei a Brenda, a nossa cadelinha salsicha e fui tirar satisfação com os moleques, disse que se eles mexessem com meu irmão, apanhariam e até corri atrás deles, com minha fiel escudeira latindo e ameaçando mordê-los, segundo minha mãe os meninos pararam de implicar com ele mas meu irmão continua sendo um bundão, mas não compro mais as brigas dele :)

8.Um personagem infantil que você gostaria de ter tido como amigo (não precisa ser de livro infantil)
O livro Pollyanna, de Eleanor H. Porter li em 2011 e adorei, em diversos momentos me peguei pensando que gostaria que existissem mais pessoas como a personagem que dá nome ao livro, nos anos seguintes e rememorando os anteriores notei que cruzei com algumas pessoas que tinham um pouco da menina Pollyanna dentro deles...
Não gostaria necessariamente de tê-la como amiga, mas ter amigas(os) com um pouquinho dessa menina dentro de si... Com certeza o mundo seria mais azul. Eu tento fazer a minha parte (por que essa amiga, sem perceber, me ensinou muita coisa).




9. Qual era seu maior medo na infância
Me perder da minha mãe, pai, vizinha, madrinha...
Se eles precisassem ir ao banheiro, eu chorava para que não fosse e dizia que eles poderiam esquecer de mim, em lojas também andava de mãos dadas, e morrendo de meda de alguém esbarrar em mim e eu me soltar... Medo totalmente compreensível quando se é bem pequeno e não sabe onde está, e acha o centro de Guarulhos do tamanho do planeta Terra.

10.Um livro infantil que você recomenda...

Esse não é um livro infantil, mas infantojuvenil (pelo menos, considero-o como sendo), não consegui sentar e escolher um infantil... A cada um minuto pensava em Coração de Tinta e então o elegi o livro de Cornelia Funke para mostrar aqui.
Considero Coração de Tinta como um ótimo livro para as crianças de 11, 12 anos que estão naquela fase de transição entre a criança e adolescente, a capa é atraente e não muito criança, então a criança desa idade, sem duvidas, olhará e se terá o interesse despertado, e a narrativa da Cornelia é uma delicia... Se ela não ama ler ainda, depois desse livro com certeza passará enxergar na leitura uma atividade prazerosa e amará esse livro, como eu amei quando tinha lá meus 13 anos (ou 12? Não lembro com quantos anos o li... Eu e minha péssima memória) e descobri que livros com mais de 300 páginas poderiam me reservar ótimos momentos...


Essas são as minhas respostas para essa TAG, gostou dela?
Quais livros vocês citariam para cada pergunta? Me diz nos comentários :)

Beigos!

8 comentários:

  1. Maura, tenho muita vontade de ler "Coração de Tinta" e também acho que preciso ler mais Pedro Bandeira.
    Acho seu medo de infância muito digno e legítimo, rs.
    Uma vez também cortei minhas fotos e até hoje minha mãe conta essa história para qualquer visita que surge aqui em casa. Inferno isso, rs.
    beijo grande,
    Maira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maira, espero que leia Coração de Tinta, é tão lindo :) E leia mais Pedro Bandeira, certeza de que irá adorar *.*
      Minha mãe também adorar contar para as visitas que eu fazia isso e me dá bronca sempre, mais de 10 depois do ocorrido, rs.

      Beigos!

      Excluir
  2. Tb tenho um monte de foto, mas meus álbuns tb estão sabe-se lá onde. Não pq minha mãe escondeu, mas pq teve uma época em que encaixotamos um monte de coisa antiga e agora não sei em qual caixa está rs. Fico com preguiça de procurar.
    Acredita que nunca li Pollyanna? Todo mundo fala tão bem desse livro... :x
    Adorei a tag, é a primeira que vejo!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, imagino... Abrir caixas e procurar é algo tão, tão, tão 'chato' :X
      Ah, é muito bom esse livro, Kel, espero que leia em breve, certeza de que irá gostar :)

      Beigos!

      Excluir
  3. adorei essa tag, Maura :D
    Mas eu nunca me vi como Pollyanna, apesar de gostar do livro... eu sou uma Polly ao contrário, sempre tiro tudo de ruim das situações... =/
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Adorei a TAG Maura, respondi também!
    Estou com Coração de Tinta guardado para ler, comprei os três livros da série para ler esse mês.
    Amei Pollyanna também, já leu o Pollyanna Moça?

    Beijo!

    http://www.sincerando.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sarah! Que legal, vou ir conferir suas respostas :)
      Ah, que legal, eu pretendo comprar os três para reler Coração de Tinta e terminar.
      Ainda não li Pollyanna Moça :\

      Beigos!

      Excluir

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!