14 de setembro de 2013

Inspiração Musical do Dia #2: Standing Point...

...ou O dia em que conheci Eduardo Galeano!


Na quinta-feira fiz o download o ep "Work. Consume. Die" do Standing Point, banda de hard core de Piracicaba, no sistema name your price, você paga o quanto tem ou acha que vale, para quem no momento está sem grana o sistema é uma mão na roda por que você acaba conhecendo uma nova banda e adquirindo a versão digital do disco mesmo estando liso. Ah, aproveite e ouça!

Work. Consume. Die possui cinco faixas que têm duração ente 01:23 e 06:33 e figurou no modo repetição durante toda a sexta-feira e ficará pelos próximos tempos: o som é maneiro, o som é bão!
Entre essas cinco faixas, duas me chamaram muito a atenção por serem diferentes das canções da banda... Elas são aquela famosa pausa para beber uma água e pensar na vida, e quantas reflexões se originaram após ouvir... Eduardo Galeano.

Eu não fazia a mínima ideia de quem era esse escritor de origem uruguaia até ouvi-lo no ep do Standing Point. Certo, certo, eu fazia ideia sim... Já vi alguns livros dele nas estantes virtuais dos amigos e nas bancas de jornais, mas sabe quando não te interessa? Com exceção de O livro dos abraços que me fez querer ler por que achei a capa bonita. Eu já comentei que se acho a capa bonita, decido ler... Lembra? Não me interessava até ontem, quando comecei a compreender o que aquele senhor me dizia, senti orgulho do meu espanhol que me fez entender um texto sem ler a tradução do mesmo,  decidi pesquisar o texto... Foi quando soube a autoria e os títulos originais, no ep da banda uma frase marcante (pelo menos, eu acho) da poesia é usada entre parênteses para intitular a faixa  é Objetos Perdidos (Espelhos: uma história quase universal, LPM Editores) e  é O mundo (O livro dos Abraços, 2002, LPM Editores).

Ouça... E leia

Ouça também... E leia!

E eu estou encantada com o que li desse senhor até agora...
O livro dos abraços em e-book está me olhando e perguntando: Não vai começar a me ler, não?
Sim, eu vou!
Antes preciso terminar essa postagem que é um agradecimento ao pessoal do Standing Point por ter me apresentado oficialmente Eduardo Galeano. 
E deixar o vídeo com o Galeano no programa Sangue Latino, assista :)



PS: Ah, e tem coisa mais inspiradora do que uma banda com uma mensagem legal com referências tão bacanas?

Beigos!

2 comentários:

  1. Que bom que gostou da banda e que bom que foi ótimo pra você ter conhecido um escritor por causa dela.
    Amei o post.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba, fico feliz que tenha gostado *.*
      Ah, foi bom mesmo conhecer uma banda nova e de quebra um escritor que demoraria para 'conhecer' :)

      Beigos!

      Excluir

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!