28 de junho de 2013

Tag: 25 coisas sobre mim

Após ler a postagem da Tatianne Dantas do No País das Entrelinhas respondendo a Tag: 25 coisas sobre mim, decidi listar 25 coisas, fatos sobre mim...

25 coisas?! Vamos lá! :)

1. Parvatis é um pseudônimo que já virou sobrenome, pelo menos na consideração e na boca dos amigos. Parvati é uma deusa hindu [cês podem ler mais sobre aqui] e também o nome da personagem Parvati Patil da série de livros Harry Potter. Em 2006, li o nome, gostei... Acrescentei o ''s'' no final e virou parte de mim desde então;

2. Eu nasci em Araruna, cidade do estado da Paraíba, mas não conheço minha terrinha. Saí de lá com menos de 2 anos, desde então moro no estado de São Paulo;

3. Não conheci meus avós maternos, o pai de mamãe morreu quando ela era criança e minha avó faleceu quando eu tinha 7 anos e uma vontade imensa de viajar para conhecê-la, infelizmente não consegui realizar aquele sonho...

4. Eu sou a filha caçula. Tenho um irmão 3 anos mais velho e adoraria ter tido uma irmã para poder dividir alguns interesses, falar bobagem, tirar fotos ou ler!

Toda Colorida em 2008.
5. Eu nunca fiz mudanças tão radicias com relação ao meu visual perto de algumas pessoas que descolorem, pintam e bordam, raspam, traçam... Mas desde os 9 anos, gosto de 'picotar' meu cabelo, no primeiro corte de cabelo caseiro fiz uma franja horrível, nos anos seguintes fiz muitas cagadas no cabelo, finalmente, em 2008 decidi mudar mesmo, troquei um cabelo longo por um curtinho, o tal Joãozinho. Foi a época em que fui mais feliz comigo mesma, mas não tenho mais coragem de cortar curtíssimo novamente, falta-me coragem... Mas a dose de autoestima que aquele corte me deu foi incrível!

6. Não acho que posso dizer que fui... Mas, durante lindos 3 anos, me considerei Straight Edge. Atualmente, admiro o estilo de vida, as músicas, nossa, quantas bandas boas conheci e acho que essa galera é foda demais :)

7. Admito que passei a admirar, primeiramente, o movimento Punk Rock pelo estilo visual, em seguida pelo caráter ideológico, ah, a admiração pela ideologia nasceu após conhecer as bandas e suas músicas. Não sou a maior entendedora de Punk Rock, mas eu tento...

8. Virei ovolactovegetariana em 2008. E minha meta é tornar-me vegana! Aos 15 anos tomei a decisão que nutria desde nanica, após ler em uma enciclopédia que o Leonardo da Vinci era vegetariano. Não sei se a informação é verdadeira, mas, poxa, foi a partir dela que botei na cabeça que queria ser isso, pelos animais, pelo planeta!

9. Eu já quis ser bióloga porque queria estudar as baleias Jubarte!

10. Quando eu era pequena, havia planejado que aos 26 anos seria mãe. Coisa de criança, atualmente não sei se nasci para ser mãe, acho que me sairei melhor como uma tia... Sabe essas tias incríveis que dão livros pros sobrinhos, levam a criançada pra passear?! Então :)

11. Após concluir essa minha primeira graduação, pretendo cursar Biblioteconomia. Meu amor pelos livros extrapola o ambiente da sala de aula, local que, bom, eu me vejo dentro, mas, cara, meu sonho é trabalhar em uma biblioteca... Pode ser uma pequenina, biblioteca de escola ou uma BSP da vida ;)

12. Eu também ando pensando seriamente em cursar Pedagogia, ou... Talvez me especializar em educação de jovens e adultos ou educação infantil, adorei trabalhar com crianças durante 1 semestre, foi incrível, foi recompensador! Eu sinto falta da rotina que criei com os kiddos, sinto falta e torço para que eles, diariamente, aprendam mais, mais e mais;

13. Fui uma criança chata, uma adolescente chata... Respondona, reclamava muito, a arrogância em figura de menina e pré-adolescente, percebo hoje que se meu comportamento tivesse sido diferente, teria conseguido manter mais amizades, as poucas que consegui me deixam chocada, feliz e grata pelas poucas pessoas que conseguiram perceber que eu possuía um lado bom embaixo daquela máscara de "chata";

14. Eu já fugi de casa, ao contrário da Tatianne que foi aos 3 aninhos, cometi essa tresloucada atitude aos 13 e me sinto ridícula até hoje por aquilo e pelos motivos que me motivaram. Vontade de voltar no tempo e apagar aquilo;

15. Conheci o Feminismo a partir do blog da Maíra Kubik. Eu até posso considerar que alguns pensamentos e atitudes minhas antes de 2012 foram feministas, mas eu estava cega.
Ainda me sinto presa, ainda sinto-me enxergando ainda por uma lente embaçada... Durante tantos anos fui condicionada a perpetuar preconceitos que, quando fui sacudida e bom, acordei... A sensação de raiva de mim por mim mesma é muito forte, cara, quanta raiva sinto de mim ao perceber que cometia machismos diários, fazia o que considerava errado na frente da sociedade para ser aceita por ela, mas eu não achava errado uma mulher se vestir da maneira que dizem não ser de respeito, eu não acho errado, não acho sujo um casal homossexual, não considero como normal passar [eu, você, outras meninas e mulheres] na rua e ser ofendida...
Bom, ainda bem que eu mudei e espero que eu mude cada dia mais e que daqui uns 10 anos, possa olhar para o passado e perceber que não sobra nenhum resquício daqueles pensamentos que me forçaram a aceitar como sendo meus!

16. Percebi no últimos anos que tenho uma dificuldade imensa em lidar com a religião alheia, acho a Bíblia um livro muito bom, já li uns evangelhos e achei bons, mas não consigo entender o fanatismo religioso, não desce saber que pessoas julgam uma que não segue doutrina x inferior, cara... Isso me irrita e eu adorava debater com uns tios evangélicos intolerantes, pessoas que pregavam o amor ao próximo desde que esse seguisse a mesma religião que ele, ou seja: ''Olá, a dona Hipocrisia mandou um beijo!'' e era muito engraçado, eles perdendo a linha!

17. Minha banda preferida de todos os tempos é o Nirvana. Minhas atuais cantoras preferidas são: Tulipa Ruiz, Karina Buhr e Tiê e cantores/bandas: Kamau, Static Jacks, Gonzaguinha e Marcelo Jeneci;

Amo estudar Letras. Amo a Língua Portuguesa!
18. Eu amo meu curso: eu amo 'as' Letras! Em determinados semestres, sinto vontade de desistir dessa bagaça toda, sinto que estou desperdiçando meu tempo assistindo algumas aulas idiotas, mas em compensação há as aulas de Literatura, Linguística... Eu amo a Língua Portuguesa!!! E bom, após 3 anos eu ainda não aprendi a usar os porques corretamente, mas aprendi outras coisas muito legais. E conheci uma pessoa muito especial na faculdade mas deixo para falar dela no item 25.

18. Com relação à música, eu sou uma mistura: gosto de Rock, MPB, forró pé de serra, e nos últimos tempos comecei a perceber a qualidade de diversas músicas do Funk. E tenho até algumas canções de sertanejo como favoritas, o problema delas é o teor machista, não desce metade, como algumas músicas de Forró, será que minha mãe que ouve aquilo o dia quase todo parou para refletir nas letras daquilo?!
PS: Cês notaram que há dois itens 18?! Poisé, como sou esperta, contei errado e minutos antes de publicar notei o item duplicado. Vou deixar passar, cês não vão se incomodar, né?! Finjam que continuam sendo 25 coisas sobre mim, ok?! 

19. Eu adoraria viver eternamente num ócio criativo, mas atualmente preciso vender minha força de trabalho em troca de alguns reais...

20. Durante a sexta, sétima série fui grunge, bom, usava uma camisa xadrez... Foram anos legais, mas períodos em que dei de ombros para a escola e me arrependo hoje em dia, anos vazios;

21. Eu tenho uns 4 projetos de livros engavetados. Um, o mais antigo é uma fantasia. Dois são destinados ao público jovem e um é... Sobre o que é aquele projeto mesmo?! Ambos possuem, curiosamente, personagens femininas e FEMINISTAS. Têm como cenário o Brasil, com exceção da fantasia, talvez o projeto que eu demore mais para me dedicar porque é necessário um trabalho de pesquisa imensa para ambientar uma narrativa num continente desconhecido por mim, sim, é ele, o Velho Mundo, a Europa!!!

22. O primeiro livro que eu li foi A Primavera da Lagarta, de Ruth Rocha. E curiosamente, eu passei a admirar as lagartas ano passado, após uma sequência didática sobre 'borboletas', finalmente compreendi que precisamos conviver com as lagartas para podermos ver as borboletas, infelizmente, matei uma lagarta em 2005... O que me deixa mal até hoje. Se remorso matasse...

23. Não sou uma pessoa vaidosa. Comecei a usar sombra e batom em 2011 porque o trabalho exigia, saí do trampo... Estão todos lá! Eu já estou me interessando mais por cosméticos, atualmente estou pesquisando produtos que não testem em animais para 'aí, sim!' começar aos poucos, mas eu sou tão esquecida que, bom, talvez eu use uma vez em cada mês um batom, sombra ou lápis...

24. Sou desorganizada. Moro em casa pequena, aqui parece mais um apertamento do que casa e a minha desorganização não ajuda em nada para tirar a sensação de que o espaço é menor. Eu tento ser organizada, mas acho que a preguiça é mais forte do que eu! :|

25. Para finalizar: nunca fui boa em relacionamentos amorosos. Cadê coragem para ir lá e se declarar?! Durante uns bons anos fui um pouco ultrarromântica, ''Olá, meu nome é Álvares de Azevedo" e acho que gostava de sofrer por um amor que nunca seria correspondido, até que nessa minha vida de Letrete encontrei um barbudo desgrenhado de esquerda. Pra casar! Beijo, A


Bom, foram essas as 25 coisas sobre a minha pessoa que, olhando bem de perto... não é tão legal assim! HEHE
Beigos! 

18 comentários:

  1. Uei!!! Gostei bastante de conhecer algumas coisas sobre ti, menina! Fique tranquila quanto ao uso dos porquês, eu fui aprender isso quando tive que ensinar para outros, quando comecei a lecionar, haha! Eu não consigo deixar mais meu cabelo crescer, quando passa um pouco do ombro já começo a me desesperar... Antes ele era bem longo, teve uma época em que quase chegou à cintura. Hoje, nessa vida corrida, não dá mais. =\

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia, será que eu aprendo quando tiver que ensinar - se eu chegar a lecionar? Espero que sim! (:
      Eu também não estou conseguindo mais deixar o cabelo passar do ombro, já mando tirar uns dedinhos mas fiz 'promessa' de deixá-lo crescer mesmo esse ano, vamos ver se consigo, rs

      Beigos!

      Excluir
  2. Adorei, Maura!
    A começar pelo mosaico de fotos suas. Bem bacana.
    E, pelo que percebi, muitos dos seus itens são sobre mudança (física ou de ideias/comportamento). Acho incrível poder mudar e, mais que isso, perceber as mudanças. A lagarta realmente te representa...rs
    E não sabia dos seus livros. Espero vê-los nas prateleiras em breve.
    Beijo e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da postagem e do mosaico de fotos! :D
      Depois que você falou que eu fui reparar que os itens eram mais sobre 'mudanças' *.*
      Opa, é o que eu espero também, sonha alto... Por enquanto, estou tentando tirá-los das gavetas, e pastas de arquivos, rs.

      Beigos!
      E obrigada!

      Excluir
  3. Oi Maura, adorei a tag, é muito divertido saber mais sobre as pessoas, essas pequenas curiosidades que acabam sendo nossos pequenos detalhes do dia a dia!
    Ahhh podia ter estudado Biologia .. tem muito bicho precisando ser estudado! :)

    Eu tenho vontade de cursar Filosofia e História como outra graduação (tudo a ver com a Bio né :p)

    beijo!
    Melissa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Melissa!
      Poisé, é muito divertido ler e saber mais, adorei as suas respostas para a tag, à propósito! :D
      Ah, será que ainda consigo cursar Biologia?! xD É, se não der, e acho que não vai dar... Vou só ficar no saudosismo e admiração para com os biólogos!
      Acho essas duas graduações a sua cara, Melissa! ^^

      Beigos!

      Excluir
  4. Maura, vou tentar pela terceira vez fazer esse comentário, será que agora vai?? hahahahahaha dessa vez vou salvar a resposta, por precaução!
    Jurava que Parvatis era seu sobrenome de batismo, agora já é de fato porque ficou indissociável. Foi uma escolha muito bem acertada com a sua aparência, a gente nem desconfia :)
    Sabe que sempre achei que tu tivesse um pezinho no Nordeste pelo teu jeitinho? Dois anos é muito tempo, a Paraíba ficou na tua personalidade com certeza. Um dia vem para as bandas de cá, certeza que vai se identificar muito!
    Não deve se arrepender da adolescente que você foi, porque de alguma forma te ajudou a ser quem é hoje né? Também fui extremamente chata e rebelde sem causa e hoje eu vejo que minha mãe estava certa na maioria das coisas, mas fez parte da minha formação. Se eu não tivesse me revoltado (mesmo que sem justificativa), talvez não fosse tão independente hoje e tenho certeza que isso se aplica a você também!
    O feminismo da forma como vejo hoje também é algo muito recente para mim e já tive muitos pensamentos machistas sem nem imaginar. Que bom que conseguimos nos recuperar a tempo rsrs
    Ócio criativo, é nós o/
    Acho que você não era ruim em relacionamentos amorosos, só estava esperando a pessoa certa. Valeu a pena né?
    Beijo enorme e te acho muito mais legal agora que sei mais sobre você! Nem adianta discutir hahahahaha
    Tati

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tati, querida, obrigada pelo comentário e pelas tentativas, ai, é um saco quando escrevemos e perdemos tudo! T.T

      Vamos fingir que é meu sobrenome mesmo agora, já não me vejo sem assinar sem ele na 'internê' e ser chamada por ele no dia a dia, rs.
      Eu tenho a impressão de que irei adorar o Nordeste, qualquer dia faço uma viagem pr'esse lugar lindo, quem sabe eu vá continuar estudando em alguma universidade bacana daí, tem várias, agora é só escolher, hehe.
      Tati, obrigada pelas palavras.
      Eu também adorei ler mais sobre você :)
      E tá, eu não vou discutir :P

      Beigos!

      Excluir
  5. Oi Amada, que post legal. Gostei muito dos registros, muitas das coisas eu já conhecia outras foram surpresas ótimas e um item foi de perder fôlego! rs
    Cada item que eu lia parecia estar vendo-te diante de mim com todas as "suas caras e bocas" ( que eu adoro) hahaha.
    É, você também é pra casar!

    Beijo, A! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, menino!!!
      HAHA, eu ri de 'todas as minhas caras e bocas', só percebo/lembro que as faço muito quando sou lembrada delas, hehe.

      Valeu pelo comentário e pela confirmação de que 'sou pra casar' também!

      Beigos!

      Excluir
  6. Que legal poder te conhecer mais!
    Amei ler sobre você e fiquei pensando em várias coisas.
    Olhe, a gente não pode se arrepender do que fez no passado. Eu vivia me arrependendo, até que esses dias chutei o balde e disse: quer saber, se eu sou o que sou hoje é por causa do meu passado. Por causa dos acertos e dos erros. Por isso estou aqui. Então acabei por aceitar e parar de querer voltar no tempo e fazer diferente.
    O legal é tentar viver o agora pro futuro poder ser ainda melhor.
    E amo Tiê. E Gonzaguinha <3
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Babi, adorei o comentário! :D
      Fico feliz que você tenha gostado de ler e me conhecer um pouco mais :D
      Tiê e Gonzaguinha são incríveis *.*
      Beigos!

      Excluir
  7. Maura, sem palavras pra dizer como achei bacana o post, tenho procurado uma tag legal. Ao mesmo tempo acho que não conseguiria listar 25 coisas relevantes sobre mim, rs.
    Conheci a Tiê em um evento que participei em maio, ela fez um pocket show e foi incrível, uma voz linda.
    Não se arrependa, tudo de ruim que fazemos, de alguma forma ajuda a moldar o que somos hoje, acontece porque tinha que acontecer mesmo.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, que bom que gostou da postagem! :D
      Puxa, é claro que você consegue listar 25 coisas bacanas sobre você, com certeza. Espero que responda essa tag, viu! Vou adorar te conhecer um pouco mais.
      Nossa, show da Tiê, deve ter sido lindo *.*

      Obrigada pelo comentário!

      Beigos!

      Excluir
  8. Maura, agora você tem os sensuais para compartilhar interesses e falar bobagens ;D (melhor parte). Corte curtinho (estilo Joãozinho) é tudo de bom <3. Essa menina com cara de fofa é adepta ao Straight Edge?! Show! (\m/^0^\m/) Como sou leiga no assunto, vegetariano em geral tem minha admiração. Gostei da sua declaração no 15ª fato. Você já é incrível por rever e admitir seus erros e querer mudar, aprender e melhorar esse mundo ainda tão conservador e injusto. Parabéns! Concordo com o 16ª, disse tudo! Ócio criativo é o meu sonho também, rs *_* Ah, e boa sorte com os projetos! Sério, morri de rir com o 25ª kkkk O barbudo vai adorar, rs.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lulu, sem dúvidas é a melhor parte!
      Ih, eu era... Agora sou só 'simpatizante' como digo, mas cada dia mais afastada da cena paulistana :(
      Olha que legal saber disso, enquanto umas pessoas tendem a 'odiar' qualquer vegetariano em geral... Difícil comentar que não como carne e ser alvo de 'gritos' e "Oh, como você consegue!? Para! Isso é besteira!!!", respeito às escolhas alheias, cadê?! :|
      Um dia teremos nosso tão almejado 'ócio criativo', só questão de tempo!!!
      E ah, eu ri muito escrevendo esse último fato :P

      Beigos!

      Excluir
  9. Bom.. espero estar inclusa no fato 13! hahahaha :P' Adorei os fatos! E como o comentário acima ócio criativo é meu sonho também :/ +1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA, com certeza, você inclusa, flor, nesse fato e em vários momentos da minha vida! *.*
      É pelo que batalhamos, né, flor, ócio criativo e fazer o que amamos <3

      Obrigada pelo comentário! <3

      Excluir

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!