31 de maio de 2013

Teatro e Exposições nas Bibliotecas de SP

Teatro nas Bibliotecas

Programação de junho
Abra-te Cérebro
Abra-te Cérebro
Com Cia do Miolo
Sobre uma moto, duas velhinhas percorrem diferentes gerações a procura de grandes invenções da humanidade. A mais velha, Laurinda, é uma cientista que vive inventando novos usos para as coisas conhecidas. Já Vivi, a mais nova, é uma geógrafa sonhadora, vaidosa e atrapalhada. 50 min. Livre
Dia 5 de junho (qua), 14h30 – Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato
Dia 8 de junho (sáb), 14h – Biblioteca Hans Christian Andersen 
Dia 9 de junho (dom), 11h – Biblioteca Cora Coralina 
Dia 15 de junho (sáb), 14h – Biblioteca Mário Schenberg
Dia 16 de junho (dom), 11h – Biblioteca Álvares de Azevedo 
Dia 22 de junho (sáb), 11h – Biblioteca Belmonte
Dia 23 de junho (dom), 11h – Biblioteca Padre José de Anchieta 
Dia 30 de junho (dom), 16h – Biblioteca Viriato Corrêa


Histórias de dentro
Histórias de Dentro
Com a Cia Simples
Com elementos muito simples (papéis coloridos, fita crepe e canetas) os artistas convidam as crianças a participar da construção do cenário, da criação dos figurinos, podendo até mesmo virarem personagens da história. 50 min. Para maiores de 6 anos.
Dia 8 de junho (sáb), 11h – Biblioteca Belmonte 
Dia 9 de junho (dom), 11h – Biblioteca Padre José de Anchieta
Dia 16 de junho (dom), 16h – Biblioteca Viriato Corrêa
Dia 19 de junho(qua), 14h30 – Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato
Dia 22 de junho (sáb), 16h – Biblioteca Hans Christian Andersen
Dia 23 de junho(dom), 11h – Biblioteca Cora Coralina
Dia 29 de junho (sáb), 14h – Biblioteca Mário Schenberg
Dia 30 de junho (dom), 11h – Biblioteca Álvares de Azevedo

Sukata
Com Aline Neves, Elaine Oliveira, Milena Martines, Bel Droppa, Carina Valle, Rafael Braga e Rodrigo Giacomin. Direção geral: Alexia Annes. Coreografia: Julia Costa. Arranjos: Dan Ricca. Produção: Julia Costa. Produção executiva: Batom  Produções. 
O musical Sukata conta a história de Suzana, Katarina e Tânia, atendentes da doceria delivery Pekatu, que lutam por um mundo melhor. 
Dia 14 de junho (sex), 14h30 – Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato
Dia 15 de junho (sáb), 14h – Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato
Dia 16 de junho (dom), 16h – Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato


Coletivo
“Del Medio”
Coletivo Nós na Corda Bamba
O espetáculo dialoga com a Vila Maria Alta e Vila Maria Baixo, usando a suposta existência de uma Vila Maria do meio. A partir daí são ilustrados personagens que fazem parte da história e do cotidiano do bairro; convivendo com travestis, bolivianos e até a figura polêmica de Jânio Quadros. Mas a Zona Norte é só um ponto de partida para levantar questões tipicamente brasileiras, mostrando a alegria do carnaval e a solidão dos foliões. Para maiores de 12 anos.
Dias 15 e 22 de junho (sáb), 15h – Biblioteca Narbal Fontes 


Pedro Malasartes
Eu, Malasartes
Com Robson Santos
Robson Santos está de volta com suas histórias e causos, desta vez vivendo as malandragens de Pedro Malasartes, herói picaresco do nosso Brasil, preferido da gente simples, que adora suas artes, quase sempre contra os mais ricos e poderosos. Vinga-se o popular da sua posição subalterna vendo o personagem sair sempre ganhando, por sua astúcia e por suas artes, dos que lhe são superiores. Uma espécie de Robin Hood sem armas.
Dia 29 de junho (sáb), 11h – Biblioteca Belmonte



Exposições nas bibliotecas

Programação de junho
Faces da África
Na África, conhecida pela riqueza de sua arte, as máscaras são uma maioria dominante nas artes visuais, sendo encontradas por todo o continente. Nessa exposição, os artistas/educadores Débora Paneque Nogueira e Wellington Rui da Silva apresentam as Máscaras Africanas, contemplando suas três grandes tendências: máscaras zoomórficas, antropomórficas e antropozoomórficas, confeccionadas na técnica de papietagem. 
De 1º a 16 de junho
De 2ª a 6ª feira, das 10h às 19h
Aos sábados, das 9h às 16h


Exposição D'Ollynda
Transição
Para celebrar 10 anos em São Paulo, o artista plástico pernambucano D'Ollynda realiza a exposição Naïf  'Transição', uma retrospectiva do seu trabalho na cidade. As obras  inspiradas em naifs, pontilhismo e colagem, imprimem uma autenticidade nacional, influenciada pela vivência do artista na Vila Madalena e Morro do Querosene. A dança, a religiosidade, as manifestações populares, a arquitetura, a flora, os costumes e a fé do povo brasileiro, são apresentados em traços e cores vivas. 
De 15 a 30 de junho
Abertura às 19h30, do dia 15 de junho
De 2ª a 6ª feira das 10h às 19h
Aos sábados das 9h às 16h

Fonte:  Sistema Municipal de Bibliotecas: 1 e 2.

Vamos aproveitar?!
Beigos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!