9 de abril de 2013

Beijada por um Anjo por Elizabeth Chandler

Editora: Novo Conceito
Autora: Elizabeth Chandler
Tradução: Marsely De Marco Martins Dantas
ISBN: 9788563219145
Páginas: 247

Beijada por um Anjo é o primeiro volume de uma trilogia que tornou-se série homônima escrita por Elizabeth Chandler pseudônimo de Mary Claire Helldorfer. 

O título como bem sugere terá como temática os anjos e durante um bom período da narrativa, a presença dos seres angélicos para Ivy, a personagem central, está em suas estatuetas e na presença que invoca ao rezar para eles sempre que se vê em momentos ruins... Desde o dia em que quase se afogou quando criança e revela ter sido salva por um anjo. 
Novamente, uma Ivy adolescente vê-se num momento de pânico, em cima de um trampolim, seu medo da água retorna e ela sabe que cairá, então invoca seu anjo protetor para salvá-la de um novo afogamento, quem aparece e consegue tirá-la daquela situação é Tristam, um dos promissores nadadores do colégio e que durante meses busca chamar a atenção da única garota da escola que parece não notá-lo, ele o garoto mais bonito do local, e por quem ele está apaixonado. 
Após o ocorrido, Tristam continua tentando se aproximar-se de Ivy, uma das maneiras que ele enxerga como promissora é propondo para ela algumas aulas de natação. 
Ivy, por sua vez, percebe que a cada dia aproxima-se mais do garoto, este que até mesmo adotou sua gata, que sua mãe decidiu mandar embora porque ela gostava de arranjar uma poltrona cara do marido, e que tornou-se amiguinho do seu irmão caçula que não estava aceitando muito bem o novo casamento de sua mãe com um homem rico, pai de um adolescente da mesma faixa etária de Ivy: o antipático e suspeito Gregory.

Tristam e Ivy envolvem-se, o relacionamento de ambos é bonito, tudo para dar certo... Mas, não é o caso de nossa história. Alguém não quer vê-los juntos, durante a narrativa formulei algumas hipóteses de quem, por algum motivo - ou alguns motivos, nunca se sabe, né? - não aprovou o namoro de Ivy, uma personagem previsível e Tristam! Que é o Tristam!

O estilo de escrita de Chandler é rápido, a autora não se atém a descrições prolongadas e os meses em que a história tem início e um fim ''por enquanto'' passam num piscar de olhos, talvez por isso eu tenha lido-o tão rapidamente, mesmo não possuindo um texto rico, o suspense me enredou e eu fiquei lendo, lendo, lendo até finalizá-lo! 

Infelizmente, Beijada por um Anjo não foi uma leitura muito proveitosa pelo desleixo da edição. Ainda bem que, o livro foi presente, poupei meu dinheirinho. Travessões e a opção de uma espaçamento de linha maior mandaram lembranças! Ah, e sem contar a troca de nomes de personagens, a amiga de Ivy na outra linha virou a chefe dela. O quê? Um Beth e um Betty fazem toda a diferença!
Não acredito que a famosa desculpa ''Pode ser o jeito do autor escrever'' possa ser usada aqui, logo no início tive que reler para entender que havia terminado um momento e iniciado outro e que aquele novo momento não havia ligação com o anterior e que o anterior, sabe, era o futuro e que eu estava lendo o que aconteceu antes (bem antes) daquilo... Confuso, não é? 

Eu tenho o segundo volume da série, intitulado - voz de locutor de televisão - A Força do Amor, vou lê-lo e em seguida, pensar com meus botões se troco ou não esses dois presentes de grego. 

Tem problema em trocar um livro que você ganhou e que não adorou? Será que a pessoa ficará fula comigo... por isso? 

Despeço-me com esses dois questionamentos e a certeza de que até meu livrinho que não saí da gaveta está melhor editado que o livro hoje apresentado.


Lido para o DL 24/12 - Março: Anjos ou Vampiros

Beigos!

6 comentários:

  1. Enquanto lia sua resenha, lembrei do filme "Cidade dos Anjos". Tão bonito!

    Realmente, esses problemas que você apontou são desanimadores. Sim, TALVEZ esse seja o estilo do autor, mas algo me diz que há grandes chances de que isso seja apenas uma desculpa esfarrapada para um trabalho mal feito.

    Enfim... quanto à troca, depende de quem te deu. Só você pode avaliar. Se fosse eu que tivesse te dado o livro, não veria problema algum. Se te dei, é seu, e você pode fazer o que quiser com ele. Mas cada um pensa de uma forma, né?

    bjo e obrigada pelo link!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, aquele filme é lindo mesmo :')
      É, sim, Michelle e faz um bom tempo que não vejo a pessoa, vou ver se mando uma mensagem perguntando, talvez - se eu a conhecer bem, rs - ela não vai se importar... :D
      De nada ;D

      Excluir
  2. Assim como você, também li esse livro e tenho o segundo, lerei, mas não sei se vou dar continuidade na serie. Na época que eu li, até gostei porque foi um dos primeiros sobre anjos e são os seres que mais gosto, só que autora se estendeu muito no enredo. Pelo que falam, foi sem necessidade.

    Bjs, @dnisin
    http://www.seja-cult.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, imagino...
      Parece que não tenho sorte com anjos em livros, os dois livros que li me decepcionara: Fallen e esse :|

      :*

      Excluir
  3. Olá Maura, vc tirou minhas dúvidas se deviam ou não investir nessa série, pois é não devo. Tem algumas séries que são tão famosas, tão comentadas que a gente fica com a pulga atrás da orelha se deve ou não ler, essa era uma delas, mas vc me convenceu a não ler. Assim como, a Nayara do Dignidade não cabe aqui me convenceu a ler a saga da Irmandade da Adaga Negra, que parece ser muito boa. Por isso, que é ótimo ler resenhas de pessoas com os gostos semelhantes ao seus, poupa dindim!
    Beijos
    Melissa Padilha
    De Coisas por Aí

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HEHE, que bom que ajudei você a poupar um dinheirinhos para poder comprar um livros que, com certeza, serão melhores pedidas, quero ler sua opinião sobre IAN, quem sabe acabo sendo convencida a ler a série também :D

      :*

      Excluir

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!