1 de março de 2013

Playlist da Parvatis #9: Nirvana

Nos últimos dias ouvi os três discos de estúdio lançados pelo Nirvana, que não precisa de apresentações, certo?! E pretendo ouvir por mais algumas semanas até eu começar a ler Kurt Cobain - Fragmentos de uma Autobiografia, de Marcelo Orozco.
Sinopse do livro: ''Nas suas letras, como profecias, Kurt Cobain deixou o registro da angústia e do inconformismo que o levariam primeiro ao estrelato e depois à morte. Em Kurt Cobain: Fragmentos De Uma Autobiografia, Marcelo Orozco, por meio da análise das letras e dos arranjos, de uma cuidadosa cronologia desde o nascimento de Cobain (incluindo a passagem pelo Brasil), e da discografia completa do Nirvana e projetos anteriores e paralelos, dá sua contribuição definitiva sobre os detalhes que constroem o mito.''

Acho que essa é a minha grande meta do ano, ouvir todos os discos, EPs e álbuns ao vivo da banda, conheço uma penca de músicas mas ainda acho que não sei a letra de todas e quando o assunto é Nirvana, gosto de ler as letras até perceber que já a sei de cor! Ah, que saudades dos  tempos em que comprava todas as revistas com pôsteres da banda!

 Bleach (1989)
Bleach foi um disco que demorei para ouvir inteiro e o primeiro que li sobre - no livro Fragmentos De Uma Autobiografia.
Difícil de descrever esse disco! 
É dolorido pensar em suas canções, na angústia que sinto ao ouvi-lo, nas canções que de tão autobiográficas me faziam ter a sensação de que eu até poderia tocar em Kurt. Enfim, preciso amadurecer meus sentimentos com relação a ele para, um dia, poder falar claramente dele. 

Faixas - título, compositor e duração:

1."Blew"  Cobain - 2:55
2."Floyd the Barber"  Cobain - 2:18
3."About a Girl"  Cobain - 2:48
4."School"  Cobain - 2:42
5."Love Buzz"  - van Leeuwen - 3:35
6."Paper Cuts"  Cobain - 4:06
7."Negative Creep"  Cobain - 2:56
8."Scoff"  Cobain - 4:10
9."Swap Meet"  Cobain - 3:03
10."Mr. Moustache"  Cobain - 3:24
11."Sifting"  Cobain - 5:22
12. "Big Cheese"  - Cobain - 3:42
13. "Downer"  - Cobain - 1:43

Preferidas da Parvatis:
"Love Buzz" que é a única música não autoral do disco, é uma canção da banda Shocking Blue composta por  Robbie van Leeuwen. A versão original é tão bacana quanto a regravação da banda.
''About a Girl" que mostra que Kurt Cobain também conseguia ser fofo! 
"Negative Creep" por sua letra:  ''This is getting to be... this is getting to be... this is getting to be gross. I'm a negative creep, i'm a negative creep, i'm a negative creep and i'm stoned''
"Scoff": Também por sua letra, In my eyes, I'm not lazy. In my face, It's not over. In your room, I'm not older. In your eyes, I'm not worth it. Gimme back my alcohol (x7) Heal a million, kill a million (x3)
Pra Degustar:

Nevermind (1991)
Ah, esse disco de capa famosíssima e de músicas que já foram tantas vezes tocadas que fico de cara quando descubro que tem gente que não conhece (ainda) a banda.
Não é meu preferido, mesmo ele tendo sido minha trilha sonora durante uns bons anos. Já cheguei num momento em que não conseguia mais pensar nele, com exceção de alguns canções, ouvir os singles que levaram a banda ao estrelato irritavam-me profundamente! Me julguem!

Faixas - título, compositor e duração:
1."Smells Like Teen Spirit" - Kurt Cobain - 5:01
2."In Bloom"Kurt Cobain - 4:14
3."Come as You Are"  Kurt Cobain - 3:39
4."Breed" Kurt Cobain - 3:03
5."Lithium" Kurt Cobain - 4:17
6."Polly" - Kurt Cobain - 2:57
7."Territorial Pissings" - Kurt Cobain - 2:22 
8."Drain You" - Kurt Cobain - 3:43 
9."Lounge Act" - Kurt Cobain - 2:36 
10."Stay Away" - Kurt Cobain - 3:32 
11.""On a Plain'' - Kurt Cobain - 3:16 
12."Something in the Way" - Kurt Cobain - 3:55

Preferidas da Parvatis: 
"Territorial Pissings" ou a música da Maura, segundo algumas pessoas! 
"Lounge Act", se minha vida fosse um filme, essa teria que estar na trilha sonora ou no trailer, HAHA!
"Stay Away" e "Breed" por serem do jeito que gosto: rápidas!!!
"On a Plain'' e ''Lithium" por motivo de: letras incríveis e por terem sido as primeiras que aprendi a cantar! Alfabetizada em língua inglesa com Nirvana, eu fui!

Pra Degustar:

In Utero (1993)
Não, não, eu não quero ser do contra ao afirmar que In Utero é meu disco preferido só para me aparecer! HEHE
Ele é!
Mesmo Nevermind tendo valor sentimental, foi a trilha sonora de minha aborrência, ops, quero dizer, adolescência quando descobri In Utero as coisas entraram nos eixos...
Esse disco tem, na minha opinião, as melhores canções, as que renderam tantas e tantas conversas e discussões na escola, de composições de uma complexidade que me assusta de tão Extraordinárias que são. 
Posso estar cometendo um grande erro, mas sempre digo que ''In Utero é a evolução de Bleach'', outro discão!  

Faixas - título, compositor e duração:
1."Serve the Servants" - Cobain - 3:36
2."Scentless Apprentice"  Cobain, Grohl, Novoselic3:47
3."Heart-Shaped Box"  Cobain4:41
4."Rape Me"  Cobain2:49
6."Dumb"  Cobain2:32
7."Very Ape"  Cobain1:55
8."Milk It"  Cobain3:54
9."Pennyroyal Tea"  Cobain3:37
10."Radio Friendly Unit Shifter"  Cobain4:51
11."tourette's"  Cobain1:35
12."All Apologies"  Cobain3:50

Preferidas da Parvatis:
TODAS!!!
Não, não é exagero, eu gosto muito de todas! :)
Escolher a degustação abaixo foi mais difícil do que escolher uma próxima leitura, rs.

Pra Degustar:

Para ouvir esses discos online ou toda a discografia: Nirvana no Vagalume.

Fonte: das informações referentes aos discos e capas: Wikipedia, Sinopse do livro de Marcelo Orozco: Skoob; Vídeos: YouTube.

Qual foi a playlist de vocês nos últimos dias, me fala aí nos comentários?! 
Beigos!

16 comentários:

  1. MMMMMMMMMMMMMMMMMM

    Tenho o mesmo sentimento em relação ao disco Bleach

    e In Utero é meu disco preferido, não sei dizer se é pela sonoridade, ou pela evolução das letras e da obscuridade do cd, clipes, etc
    Ou até pela capa simbólica! amei MMM!

    ResponderExcluir
  2. O post ficou massa, mas posso confessar o meu crime? Não curto Nirvana =(
    Só que algumas letras são demais mesmo! Na verdade eu não gosto muito é de rock (há exceções)

    P.S: Muito obrigada pelo comentário carinhoso, as vezes a gente precisa mesmo de uma força... Enfim.

    www.reticenciando.com

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, perdoo seu crime, HEHE!
      Sem dúvidas, as letras são ótimas :)

      :)

      =*

      Excluir
  3. Hahaha, concordo com a Juliana aqui em cima, o post ficou muito bom, mas também não curto Nirvana. Tenho vontade até de tatuar algumas letras, de tão boas, mas escutar mesmo... bem, não é muito meue estilo ;)

    Beijitos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria (quero) tatuar um trecho de "Pennyroyal Tea", mas o medo da agulha ainda não me deixou ainda ><

      =***

      Excluir
  4. Nevermind é nostalgico demais, me faz lembrar MUITO da minha adolescência, shows de rock e amigos. Na realidade, Nirvana me marcou muito e concordo que as músicas nos fazem sofrer.
    Belo post Maura, amei.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito nostálgico, Fernanda, muito! :')

      Obrigada :)

      Excluir
  5. Eu sumi nas últimas semanas e volto com pizza e Nirvana?!

    Não sou fã da banda, mas gosto de muitas músicas.
    Ri muito de você querer saber todas as letras de cor, porque eu, sinceramente tenho uma memória muito boa. Só que com relação à músicas... geralmente não lembro das letras nem em português e sempre acabo inventando algum trecho que sempre canto errado. Uma piada.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHHAHAHHAHAHA!
      Somos duas, Lili, quase sempre invento algum trecho e quando canto em público a parte que inventei alguém me avisa - bem amigavelmente - Maura, não é assim... Eu sempre pagando mico --'

      Beigos!

      Excluir
  6. Pode parecer clichê, eu sei, mas "Smells Like Teen Spirite" é minha preferida. E alguns dias atrás que fui descobrir que Teen Spirite era o nome de um desodorante. "Dumb" e "All Apologies" têm letras incríveis.

    Fiquei curiosa para saber como é o livro sobre o Kurt.

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    www.pronomeinterrogativo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas é a minha também =D
      Quando descobri a origem do título, a história por trás fiquei com cara de boba, pensando: Cara, pegam algo banal e acabam transformando no hino de uma geração!
      Sim, letras incríveis! <3
      Assim que ler o livro, pretendo postar uma postagem sobre ele ^^

      Beigos!

      Excluir
  7. Eu já ouvi falar de Nirvana obvio, mas nunca me interessei muito em parar para ouvir as musicas deles e das três que você coloco a unica que me agrado sonoramente foi a ultima, prefiro musicas mais calmas.
    Gostei bastante do post.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dumb é uma delícia de se ouvir *_*
      Fico feliz que tenha gostado =D

      =*

      Excluir
  8. Oii Maura !
    Eu gosto de Nirvana e definitivamente Smells Like a Teen Spirit é minha favorita (eu sei a que todo mundo gosta :p) mas em geral sempre gostei mais de Pearl Jam dessa onde de bandas grunge, do que de Nirvana.
    Abraços
    Melissa Padilha
    decoisasporai.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Melissa!
      Eu gosto bastante de Pearl Jam, mas admito que comecei a gostar a menos tempo, qualquer dia faço uma playlist só com as músicas deles :D

      Beigos!

      Excluir

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!