1 de dezembro de 2012

Estou Lendo #4: Preciosa e A Pirâmide Vermelha

Ambos os livros que estou lendo (ainda) estou no início, Preciosa na página 50 e A Pirâmide Vermelha ainda não passei das 20 primeiras páginas. 

São duas leituras bem diferentes que estava conciliando bem até que... Atchin! Fiquei mal e essa cabeça que não para de doer?! A combinação gripe + sinusite + semana de provas e 20 horas semanais trabalhadas estão tirando meu foco já tão disperso das leituras. 
Espero melhorar - tenho mais um mês de trabalho e alguns livros para ler antes do fim do mundo ;)

Gostaria de escrever alguns comentários sobre cada um dos livros, e olha que eu tentei, mas tudo o que escrevi aqui soou ''estranho'' ou ''mega estranho'', deve ser o efeito da Vitamina C e de uns comprimidos que tomei para a gripe (risos).

Estou lendo... 


Título: Preciosa
Autora: Sapphire 
Editora: Record
Claireece Precious Jones suportou inimagináveis dificuldades em sua curta trajetória. Abusada pela mãe, estuprada pelo pai, ela cresce pobre, obesa, embrutecida, analfabeta, desprezada e, no geral, ignorada. Em seu próprio dialeto, ela se revela para os leitores: as humilhações constantes, os sonhos desfeitos e a resignação com que enfrenta a própria vida.
No Harlem, o reino dos sem voz, mora com a mãe, mulher solitária e cruel que assiste a TV incessantemente, devora toda a comida que Precious prepara e a submete suas tiradas raivosas. Apesar de tudo, a adolescente suporta a mãe com paciência surpreendente e segue em frente, tentando contornar os problemas do dia a dia com a cabeça erguida. E sonha com uma vida de celebridade, coberta de jóias, vestidos de luxo e um namorado bonitão.
Mas por causa da gravidez é forçada a abandonar a escola — o último e precário vínculo que a ligava ao restante do mundo — e é convidada a frequentar um centro de aprendizado alternativo. Ali, no fim da linha, está a senhorita Rain, uma jovem professora, radical e batalhadora por meio da qual Precious terá a possibilidade de recuperar sua voz e sua dignidade, descobrindo um mundo novo no qual poderá finalmente entender os próprios sentimentos e se expressar de uma maneira que nunca antes havia imaginado.
 


Título: A Pirâmide Vermelha
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Desde a morte de sua mãe, Carter e Sadie viveram perto de estranhos. Enquanto Sadie viveu com os avós, em Londres, seu irmão viajava pelo mundo com seu pai, o egiptólogo brilhante, Dr. Julius Kane.
Uma noite, o Dr. Kane traz os irmãos juntos para uma experiência de “pesquisa” no Museu Britânico, onde ele espera para acertar as coisas para sua família. Ao contrário, ele liberta o deus egípcio Set, que expulsa-lo ao esquecimento e forças das crianças a fugir para salvar suas vidas.
Logo, Sadie e Carter descobre que os deuses do Egito estão acordando e, o pior deles – Set – tem a sua visão sobre o Kanes. Para detê-lo, os irmãos embarcam em uma perigosa viagem em todo o mundo – uma busca que traz os cada vez mais perto da verdade sobre sua família e seus vínculos com uma ordem secreta que existiu desde o tempo dos faraós.

PS: Hoje é Dia Mundial de Combate à Aids, que e é quando o mundo une forças para a conscientização (e prevenção) sobre essa doença :)

Beigos!

2 comentários:

  1. Oi Maura, Tem tanta gente elogiando os livros do Rick Riordan.Mas mesmo assim não crio caragem para ler esses livros. Vi "O Ladrão de Raios" no cinema e não gostei do filme. Acho que isso criou um bloqueio hahaha. Coisa de doida.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. NÃÃÃÃAAOOOOOO, TAÍS!
    VOCÊ PRECISA LER O Ladrão de Raios, vai perceber que aquele filme é uma ''coisa ruim'', os livros são ótimos!
    Acho que você adorará!

    Beigos!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!