11 de abril de 2012

Quero Ler #27

Três livros que desejo muito ler, quero, mas que estão na fila para serem adquiridos, comprados ou encontrados nas bibliotecas da cidade.  

Sim, sim, eu ainda quero ler muitos livros, mas percebi que postar semanalmente uma lista dos livros desejados estava me deixando ainda mais frustada porque não estava conseguindo ler muito. Olá, ressaca literária! Bom, duas vezes ao mês irei listar o que quero ler. E bom, a postagem voltará a ser publicada às quarta-feiras, lembrete para mim mesma!


Título: Bisa Bia, Bisa Bel
Autora: Ana Maria Machado
Editora: Salamandra
"Quando escrevi Bisa Bia, Bisa Bel só estava com muita saudade de minhas avós. Vontade de falar sobre elas com meus dois filhos. Não imaginava que poucos depois ia ter uma filha e essa linhagem feminina ainda ia ficar mais significativa para mim e que este livro fosse ganhar tantos prêmios e tocar tanto os leitores...." E esta é a história de uma menina e de sua avó e a descoberta de muitas coisas.

*
Título: A Ponte - Vida e Ascensão de Barack Obama
Autor: David Remnick
Editora: Companhia das Letras
É a mais completa biografia já escrita sobre Barack Obama. Através de centenas de entrevistas e uma cuidadosa reconstituição biográfica e histórica, o jornalista David Remnick empreendeu uma viagem às raízes do presidente americano, refazendo os passos de sua educação "política, racial e sentimental". A investigação começa pela vasta e intrincada árvore genealógica do presidente. Filho de um queniano ausente e de uma inquieta e idealista norte-americana do Kansas, Obama teve uma juventude atribulada, dividida entre o Havaí e a Indonésia e marcada por um conflito constante com relação à própria raça e identidade. Educado pela mãe e pelos avós maternos, Obama teve que "reivindicar" as próprias raízes, dando início a um processo de autoconhecimento que culminou no livro A origem dos meus sonhos. A ponte mostra o início do engajamento de Obama nas ruas de Chicago, para onde se mudou e trabalhou como organizador comunitário; a paixão pelo basquete e pela literatura; a passagem brilhante pela faculdade de direito de Harvard, onde se tornou o primeiro afro-americano a editar a Harvard Law Review; a volta a Chicago, onde conheceu a esposa Michelle e deu início à carreira política. Com um discurso moderno e uma assombrosa capacidade de conciliação e diálogo, Obama foi reunindo em torno de si uma rede de apoio cada vez maior e mais heterogênea, em uma escalada que não demorou a levá-lo ao senado americano. Remnick dá atenção especial ao processo que levou Obama do senado à presidência. Sua ascensão vertiginosa, é claro, suscitou inúmeras resistências. A luta das primárias com Hillary Clinton é analisada com detalhes, mostrando como a disputa foi dando "musculatura" a uma candidatura que, no início, parecia destinada ao fracasso. Além de refazer a trajetória de Obama, A ponte busca situá-lo dentro do contexto do movimento dos direitos civis. "Estou aqui apoiado nos ombros de gigantes", disse ele, referindo-se à importância que nomes como Malcolm X, Martin Luther King e John Lewis tiveram para pavimentar o caminho que permitiu sua ascensão. Substituindo o discurso feroz que marcou o movimento por uma retórica da inclusão, cosmopolita e sem ressentimentos, Obama conseguiu comunicar-se com uma nova geração de norte-americanos.


Título: Por que me tornei vegetariano - 236 depoimentos sobre a mudança de comportamento que irá mudar o mundo
Autora: Andrea Franco Lopes
Editora: Editora do Conhecimento
Uma mudança geral da consciência coletiva está se processando, na preparação para o terceiro milênio, e nele o vegetarianismo será um valor básico, já que se traduz como respeito incondicional a todas as vidas. Mas quem são esses vanguardistas, que já estão vivendo hoje uma proposta avançada de vida, lastreada na compaixão, na sustentabilidade e na saúde física e espiritual? A jornalista Andréa Franco Lopes buscou desvendar as razões pelas quais brasileiros de todas as idades, sexos, escolaridade e situação social optaram pelo vegetarianismo. Entrevistou vegetarianos de inúmeras profissões, origens e estados, e essas entrevistas compuseram uma obra pioneira e fascinante, em que, pela primeira vez, se apresenta uma amostragem ampla e diversificada do universo do vegetarianismo em nosso país. Não são textos técnicos, mas sim depoimentos emocionados, vívidos, que contam a trajetória de jovens, adultos e idosos, com vivências multifacetadas, narrando as origens de sua opção, os altos e baixos, as reações familiares, as dificuldades sociais e as diferenças que se instalaram em seu universo interior e exterior com a adoção da dieta vegetariana. Caberá ao leitor, acompanhando essas vivências e suas conquistas de novo patamar evolutivo, saúde e harmonia com nossa casa planetária, avaliar os benefícios dessa opção existencial, muito além de dietética.

Lista bem diversificada, né? 
Já estou aceitando presentes de aniversário BEM adiantado, hehe. 
Beigos!

2 comentários:

  1. Você é bem eclética quanto aos livros que quer ler, não é?
    Adorei ver a listinha 27 ;)
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, acho que sou BEM eclética com relação aos livros que quero ler, não consigo só me interessar por gênero A ou B, legal é se aventurar por X, Z também! HAHA
      Beigos!

      Excluir

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!