30 de dezembro de 2011

Music Box # 9

Music Box é uma coluna semanal, em que eu, João Lucas, exponho meu gosto musical, apresentando discos novos ou antigos do meu acervo e preferência.


           O Ano está acabando e decidi criar  um banner novo para o Music Box ficou meio mixuruca, mas logo pretendo melhorar ele, essa será minha última postagem do ano e desejo a todos um Feliz Ano Novo! Que seus desejos para o próximo ano se realizem e que venham muitos livros e músicas para vocês curtirem.


      Hoje vou apresentar uma banda que eu curti muito esse ano, Scissor Sisters uma banda americana formada em 2001 cujo nome é literalmente "irmãs tesouras", que é uma gíria em inglês para uma posição sexual lésbica, é formada por Jake Shears (Vocalista), Babydaddy (Baixo, teclado e segunda voz), Ana Matronic (Vocal e Percussão), Del Marquis (Guitarra principal) e Paddy Boom (Bateria e  Percussão).
             

      Apresentarei o álbum que julgo ser o melhor da discografia da banda, o "Night Work", lançado em 2010, a banda se juntou com o produtor Stuart Price que fez o "Confessions on a Dance Floor" da Madonna e algumas músicas para Kylie Minogue e Lady GaGa, um gênio da música eletrônica! (sim Stuart é fera), e criou esse grande álbum, o disco começa com a música que tem o nome do disco, Night Work, uma música muito dançante e ao mesmo tempo bem retro, Whole New Way é um pouco menos agitada seguindo a linha mais glam rock, Fire With Fire que é o primeiro single do disco é uma canção poderosa, dançante com uma temática de amor bem diferente,  Any Which Way é o segundo single do disco, uma canção com o mesmo estilo dance e retro da primeira faixa, Harder You Get apesar de bem dançante, chega para o lado mais rock como as faixas dos discos anteriores da banda, Running Out é tão dançante e empolgante, queria que se tornasse single do disco, Something Like This conta com uma batida mais forte e agressiva, Skin This Cat conta com o vocal da Ana Matronic, com batidas tão fortes como a música anterior, Skin Tight possui uma instrumental seguindo a linha de Fire With Fire, Sex and Violence é uma das melhores do disco, em Night Life, Jake e Ana trocam um vocal em uma música incrível, e logo depois vem o terceiro single do disco, o meu preferido, Invisible Light, uma música longa porém completamente surreal que fecha o disco com chave de ouro.

Singles:


Clipes: 
A banda é marcada por clipes extremamente criativos! Confiram!
Fire With Fire
Any Which Way
Invisible Light


Gostaram da análise?
Até o ano que vem kkkkkkk. Feliz 2012 para todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário ^^

Respondo todos (ou quase todos) os comentários nesse mesmo espaço.
E assim que possível, retribuo a visita em seu blog/site ou te pago um café na padaria mais próxima!
Marque a opção "Notifique-me" para saber quando seu comentário for respondido e não esqueça de deixar o link do seu blog/site para eu visitar depois!

Beijos,
Maura C. Parvatis!